Bandai Namco cancela cinco jogos e anuncia foco ‘em qualidade’

A Bandai Namco é uma das veteranas da indústria e conquistou uma boa base de fãs ao longo dos últimos anos. A gigante japonesa tem um histórico consolidado no mercado — franquias como Pac-Man, Tekken e a série Tales of são apenas alguns exemplos do seu catálogo.

Segundo o relatório fiscal mais recente, referente ao último trimestre de 2023 (outubro a dezembro), a Bandai engavetou cinco projetos não anunciados. O motivo, segundo o documento, seria para a construção de um “portfólio mais equilibrado” focado em jogos de qualidade.

O relatório explica que houve uma queda de 8,9% nas vendas líquidas em relação ao mesmo período do ano anterior, além de uma queda de 96,5% nas receitas. Embora franquias como Dragon Ball e One Piece permaneçam estáveis no Japão e no ocidente, uma das principais razões para a queda no lucro foi Elden Ring.

Elden Ring foi um tremendo sucesso na indústria.

O game, desenvolvido pela FromSoftware e distribuído pela publisher, vendeu muito em 2022 — e isso acabou não sendo replicado por nenhum outro jogo em 2023. Além disso, outro motivo seria a “perda na alienação” de alguns títulos da casa.

“Decidimos descontinuar a produção de, pelo menos, cinco jogos em desenvolvimento e registramos uma perda na alienação”, explica o relatório da Bandai Namco divulgado na semana passada.

Bandai Namco prepara portfólio “ideal e equilibrado” para o futuro

Para um futuro não tão distante, a Bandai Namco pretende construir um “portfólio ideal e bem equilibrado” de títulos. A empresa explica que examinará “cuidadosamente o sistema de desenvolvimento e o fortalecerá dando ênfase na qualidade”.

Bandai Namco é detentora de diversas franquias de renome.

“Desde a segunda metade do ano fiscal anterior, alteramos a nossa estrutura de desenvolvimento, estabelecendo padrões mais rigorosos para prosseguir com a produção, restringindo títulos e alterando os registros das despesas de desenvolvimento”, continuou o relatório.

“Devido ao período mais longo de desenvolvimento dos jogos, o tempo, desde o investimento até o retorno, também está aumentando. Estamos considerando a melhor maneira de otimizar nossos jogos por classificação, como títulos estratégicos mundiais e games casuais para usuários leves”, conclui a Bandai Namco em seu relatório fiscal.

FromSoftware adquiriu todos os direitos de Elden Ring

De acordo com outro documento recente, desta vez do Escritório de Marcas e Patentes dos EUA, a FromSoftware adquiriu todos os direitos de marca registrada de Elden Ring da Bandai Namco. Segundo as informações, isso teria acontecido em março de 2023 — cerca de 13 meses após o lançamento do jogo.

“O Cedente [Bandai Namco] cede ao cessionário [FromSoftware] todos os direitos, títulos e interesses na marca registrada”, explica o documento norte-americano. Embora a publisher não detenha mais os direitos sobre Elden Ring, ela potencialmente continuará distribuindo o soulslike pelo mundo. Lembrando que a expansão Shadow of the Erdtree está a caminho.


Fonte

Deixe seu comentário