Marco legal dos games aprovado na Câmara medida reduzirá impostos sobre os video games

Um grande avanço na pauta gamer foi feito. O deputado Kim Kataguiri do MBL principal articulador do projeto juntamente com membros da Câmara conseguiram aprovar a redução de impostos sobre os video games.

Como todos sabem o mercado de jogos no mundo supera até o mercado de filmes faturando bilhões até trilhões de dólares todos os anos.

O Brasil tem um imposto criado na era do Collor de taxação de jogos de vídeo games como jogos de azar o que vem matando o mercado nacional de desenvolvimento de jogos e também o consumo. O que leva muitas vezes os entusiastas de vídeo games a recorrer à ilegalidade quando se trata de video games.

Esse projeto consiste na redução de impostos incidentes sobre os aparelhos de video games e jogos. Que atualmente recebe uma das maiores taxações de impostos no Brasil. Superando o imposto sobre o Cigarro e Armas.

Com o projeto sendo aprovado pelo atual presidente entrará em vigor em 2024 já com a redução nos impostos e tributações dos jogos, fazendo com que o preço dos videogames e seus periféricos fiquem mais baratos.

Esse marco é extremamente importante já que o Brasil é um mercado bilionário no consumo de vídeo games e mesmo com os altos impostos e altas taxações nos jogos de vídeo games o mercado nacional teve um crescimento de mais 100%.

Nesse cenário, o Brasil tem uma parcela significativa nos negócios. O país é o décimo colocado no ranking mundial por receita gerada por jogos digitais, com 92,4 milhões de jogadores, que consumiram US$ 2,5 bilhões em produtos e serviços no ano passado.

Essa medida também ajudará o mercado nacional de desenvolvimento de jogos a se desenvolver, gerando emprego e renda para aqueles que sonham em criar seus próprios jogos.

 

 

Deixe seu comentário