Fire Emblem Engage dicas para vencer o modo enlouquecedor do jogo

Fire Emblem Engage tem três opções de dificuldade, a mais difícil das quais é o modo Maddening. Aqui estão algumas dicas sobre como vencê-lo.

Fire Emblem Engage dicas para vencer o modo enlouquecedor do jogo. Fire Emblem Engage é a mais recente parcela da amada franquia JRPG tático. Recebeu críticas positivas após seu lançamento por acertar seus principais elementos de jogabilidade enquanto apresentava uma história forte. Segue o protagonista, Alear, enquanto eles acordam de um sono de 1.000 anos e visam recuperar os 12 Anéis Emblema e restaurar a paz no continente de Elyos. O jogo tem três configurações de dificuldade, a mais difícil das quais é o modo Maddening favorito dos fãs.

Essa configuração aumenta o número de inimigos, que geralmente estão em um nível superior ao do jogador. Também restringe o número de usos do Cristal do Tempo Dracônico, que retrocede no tempo para permitir que os jogadores desfaçam erros ou retornem a uma batalha. Jogado ao lado do Modo Clássico, que institui a morte permanente para os personagens que caem em batalha, a dificuldade Maddening pode ser extremamente desafiadora, mesmo para os veteranos do Fire Emblem aqui estão cinco dicas, truques e estratégias para ajudar os jogadores que procuram vencer o Fire Emblem Engage em sua configuração mais difícil.

Ao jogar no Maddening, os jogadores precisam se certificar de que não se esqueçam das dicas básicas que formam o núcleo da jogabilidade de Fire Emblem. No entanto, o cenário mais difícil do jogo também exigirá algumas estratégias mais avançadas. Uma das primeiras coisas que os jogadores devem fazer é escanear o mapa antes da batalha para decidir quais tipos de unidade usar.

Por exemplo, um mapa antigo, “The Grand Crossing”, tem muitos oponentes voadores, portanto, a implantação de vários arqueiros será vital para derrubá-los. Em seguida, os jogadores devem se certificar de que as unidades sejam colocadas em grupos apropriados para iniciar a batalha. Por exemplo, os curandeiros podem manter os tanques em forma de combate, enquanto as unidades de cavalaria podem acompanhar os voadores para protegê-los dos arqueiros.

Embora muitas vezes seja vantajoso jogar com o pé da frente, atacar um grande grupo de inimigos antes que todas as unidades estejam prontas pode levar a um fim mortal. Aqueles que jogam em Maddening devem entender que recuar e usar unidades de proteção para atrair os oponentes para uma posição preferível é uma tática importante e eficaz.

Por exemplo, os jogadores podem recuar para um terreno melhor para obter vantagens estatísticas ou recuar para unidades de backup que podem reforçar seu poder de combate. Ocasionalmente, os jogadores também podem querer permitir que o oponente ataque primeiro para rebater um golpe e contra-atacar, antes de atacar primeiro no próximo turno para finalizar a morte, tendo recebido apenas um golpe em vez de dois.

Atacar com todas as unidades geralmente coloca os personagens mais fracos em perigo. Em vez disso, os jogadores devem ter cuidado para enviar apenas aqueles que podem igualar os ataques de seus oponentes. O envio de unidades blindadas ou tanques com alta defesa, como Louis ou Vander, será fundamental, pois eles podem sobreviver aos ataques dos oponentes e infligir danos no contra-ataque. Se unidades mais fracas também forem enviadas, elas serão atacadas e sofrerão dano aumentado sem causar dano de volta tão eficazmente como se não tivessem sido enviadas.

Em Fire Emblem Engage, as pautas têm uma variedade de habilidades não prejudiciais, como Heal, Obstruct, Silence, Freeze e Warp. Muitas vezes, isso pode ser negligenciado em favor de unidades de alto dano. No entanto, eles podem ser extremamente eficazes em ditar as decisões dos oponentes e podem ser vitais para virar a maré de uma batalha.

Por exemplo, se um jogador precisa recuar, mas não consegue sair do alcance de ataque de um oponente, um cajado pode inibir o movimento ou as habilidades mágicas do oponente para reduzir o dano recebido. Usados ​​taticamente, os bastões também podem direcionar os oponentes para atacar um personagem diferente, o que pode funcionar como uma combinação positiva para o jogador. Finalmente, as habilidades de cura e tele transporte são essenciais para tirar as unidades de situações difíceis.

Finalmente, o posicionamento da unidade pode dar aos jogadores vantagens pequenas, mas importantes. Por exemplo, posicionar unidades ao lado de unidades de suporte e aquelas com as quais eles têm altos níveis de relacionamento pode maximizar o poder de ataque por meio de ataques em cadeia.

Da mesma forma, colocar unidades ofensivas em torno de uma unidade defensiva que pode protegê-las (como Framme com sua habilidade de guarda de corrente ou uma unidade com uma habilidade específica de Engage no meio do jogo) garantirá que eles estejam protegidos.

As unidades de posicionamento também devem levar em consideração o terreno, que pode fazer a diferença nas batalhas, aumentando a chance de uma unidade se esquivar de um ataque, tornando-a imune a uma pausa ou curando-a. Esses aumentos de estatísticas geralmente são pequenos, mas aumentam em momentos difíceis. Combinar esses fatores será a chave para vencer o nível de dificuldade mais desafiador do Fire Emblem Engage.

 

Fonte: CBR

Deixe seu comentário