Minhas Impressões Sobre Demon Slayer (Kimetsu no Yaiba)

0

Isso mesmo, Senta que la vem historia

A história de Demon Slayer (Kimetsu no Yaiba) se passa no período Taisho e tem como premissa base a história de Tanjiro, um jovem que ganha vida vendendo carvão, até que em um dia descobre que sua família foi massacrada por um demônio e a única sobrevivente, sua irmã Nezuko foi transformada num demônio (Oni), e com isso Tajiro parte em uma jornada para se tornar um Exterminador de Demônios(Demon Slayer), para buscar uma forma e transformar sua irmã de volta em humana.

Aqui um adendo alguém já parou para pensar porque todas as histórias de mangá japonês começam assim. Sabe demônios destruindo famílias matando as pessoas. Isso me lembra aqui no Brasil só que ao invés de demônios nós temos viciados, traficantes, matando nossas famílias.

É ao invés dos jovens trabalharem em minas de carvão eles trabalham vendendo pedra. Eu sei o que vocês vão dizer pedra não vale nada, mas aqui no Brasil as pedras oriundas das bocas tem muito valor.  🤔

Comentários porJoão Fagner

Um dos pontos fortes do anime é a sua história que é bem desenvolvida e a qualidade da arte que é uma das melhores que já vi dessa nova geração de animes ( opinião pessoal, não assisti tantos animes assim, mas tenho uma lista considerável como base ), além disso como todo bom anime os momentos cômicos e de ação são bem construídos de forma que se encaixam bem ao longo da história sem promover aquele humor excessivo ou ação fora de tempo que é comum em grande parte dos animes dessa categoria.

Demon Slayer (Kimetsu no Yaiba)
Demon Slayer (Kimetsu no Yaiba)

Se você for igual a mim sendo um daqueles órfãos de Bleach, Demons Slayer não irá preencher essa ausência (alma vazia), mas nele há praticamente os mesmos elementos que na animação de Tite Kubo: Katanas, Golpes Mistos com poderes especiais e um personagem que se desenvolve e se torna mais forte a cada luta, personagens secundários muito interessantes de se acompanhar, além de vilões muito bem desenvolvidos, junte tudo isso a uma trama muito bem escrita.

Outra diferença do Brasil, os personagens que sobrevivem não começam uma aventura buscando por justiça. Trágico Cômico. 😫

Comentários porJoão Fagner

O anime atualmente está disponível no Crunchyroll, semanalmente é disponibilizado um novo é episódio.

Sobre o Autor

Koyoharu Gotōge lançou o mangá em 2016 da 11ª edição da Shueisha ‘s shōnen mangá revista Weekly Shonen Jump em 15 de fevereiro de 2016. A história do lado para o mangá foi publicado na primeira edição da Shonen Jump GIGA em 20 de julho de 2016.  Shueisha começou a lançar simultaneamente a série em inglês no serviço Manga Plus em janeiro de 2019.

A Viz Media publicou os três primeiros capítulos da série em sua revista digital Weekly Shonen Jump como parte do programa “Jump Start”, mas não selecionou a série para uma serialização contínua. Durante seu painel na San Diego Comic-Con em 20 de julho de 2017, a Viz anunciou que havia licenciado o mangá para o mercado norte-americano. 

Koyoharu Gotōge lançou o mangá em 2016 da 11ª edição da Shueisha ‘s shōnen mangá revista Weekly Shonen Jump em 15 de fevereiro de 2016. A história do lado para o mangá foi publicado na primeira edição da Shonen Jump GIGA em 20 de julho de 2016.Shueisha começou a lançar simultaneamente a série em inglês no serviço Manga Plus em janeiro de 2019.

A Viz Media publicou os três primeiros capítulos da série em sua revista digital Weekly Shonen Jump como parte do programa “Jump Start”, mas não selecionou a série para uma serialização contínua. Durante seu painel na San Diego Comic-Con em 20 de julho de 2017, a Viz anunciou que havia licenciado o mangá para o mercado norte-americano.

 

0 0 voto
Gostou do Post?
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários