Alone in the Dark: Gameplay mostra atmosfera sombria do novo jogo

O recém-anunciado novo jogo de Alone in the Dark foi um dos destaques no showfloor da Gamescom 2022. Responsável pela distribuição do título, a THQ Nordic apresentou uma demo aos jogadores presentes no evento em que revelou a atmosfera bizarra do novo game da clássica franquia.

Pieces Interactive, da Suécia, é o estúdio por trás do novo Alone in the Dark. A empresa não apresenta outros jogos do gênero survival horror no portfólio, mas conta com Mikael Hedberg (Amnesia e Soma) no comando do desenvolvimento e do roteiro do game. De acordo com o estúdio, esse game não é um remake ou um reboot, mas, sim, uma homenagem à série clássica, que surgiu em 1992.

No novo Alone in the Dark, a história começa com o detetive Edward Carnby sendo contratado por Emily Hartwood para investigar o suicídio misterioso do tio dela, Jeremy Hartwood, que mora na sombria e isolada mansão Derceto — onde a dupla descobre que há muitas forças sobrenaturais por trás dessa morte.

A demo, que esteve disponível para o público da Gamescom, não era, exatamente, um trecho do jogo, mas, sim, um playable teaser que serve de prequel para a história. Acompanhamos os minutos que antecedem os acontecimentos na mansão no comando de Grace Saunders, a garotinha ruiva que conhecemos no spin-off Jack in the Dark e, depois, em Alone in the Dark 2.

Corredor do novo Alone in the Dark.

É aterrorizante (no melhor sentido) voltar à mansão Derceto, que agora inclui novas opções de exploração, novas salas e novas interações. Grace encontra Jeremy visivelmente abalado no escritório, muito eufórico, dizendo que precisa mandar uma carta para a sobrinha, Emily. Ele diz coisas sem muito sentido para a garotinha, fala sobre uma suposta perseguição e mostra estar totalmente fora de si.

Grace, então, pega a carta que planeja enviar para Emily, mas basta ela virar as costas por alguns segundos para que Jeremy desapareça. O breve trecho de gameplay me leva por uma sala que se estende até o porão. Esse cômodo está cheio de estátuas e esculturas, como já nos acostumamos em outros jogos do gênero.

Formas bizarras em cenário de Alone in the Dark.

Enquanto caminho, vejo a tela piscar por meio segundo para dar lugar a um cenário já todo corrompido por uma energia sobrenatural hostil. A sala, até então iluminada, torna-se um cenário digno do mundo invertido de Stranger Things — escura, com muita poeira e tomada por energias estranhas. As estátuas já estão em posições diferentes das que eu havia encontrado e preciso me esgueirar entre elas para chegar até a escada que leva ao andar inferior.

O fim da escada está inundado por uma água pantanosa e percebo, então, os primeiros vislumbres dos monstros desenhados por Guy Davis, que trabalha diretamente com Guillermo Del Toro — o que me deixa bem otimista a respeito das criaturas aterrorizantes que encontraremos pelo caminho. Eles se arrastam pela água e fazem barulhos que causam um frio na espinha, mas, curiosamente, Grace nem parece se importar. Ela segue como se já estivesse super acostumada aos “bichinhos”.

Personagem explora cenário em Alone in the Dark.

Grace atravessa o local e escapa por pouco de uma dessas criaturas: uma espécie de lagarto amórfico, muito grotesco, que emerge da água e se arrasta pela beira na direção de Grace. Ela escapa para uma sala, mas logo vejo garras surgirem do escuro prontas para agarrar a garotinha distraída.

A demo termina antes do abate. Uma breve “cena pós-créditos” mostra Emily e Edward chegando à estranha mansão, no que seria o início do que jogamos no primeiro Alone in the Dark.

Por se tratar de um trecho curto de gameplay, que inclui um único botão de interação e não fará parte do jogo final, é inviável analisar, a partir disso, se o novo Alone in the Dark vai atualizar de forma digna o game em termos de mecânicas ou em quais pontos da narrativa a história vai se basear. Entretanto, se o game mantiver a essência sombria e perturbadora da demo, há potencial para um novo e bem-vindo capítulo da série. Resta torcer para que o estúdio Pieces Interactive traga um jogo que faça jus ao clássico do terror nos jogos.

O novo Alone in the Dark ainda não tem data de lançamento e plataformas anunciadas.


Fonte Principal

Deixe seu comentário