Akira Toriyama, criador de Dragon Ball, morre aos 68 anos

Akira Toriyama, o lendário mangaká, que criou a franquia Dragon Ball, que definiu a mídia na década de 1980, e conduziu seu crescimento até se tornar um fenômeno global, morreu em 1º de março devido a um hematoma subdural agudo. Ele tinha 68 anos.

A morte de Toriyama foi confirmada pelo site oficial de Dragon Ball, que publicou uma declaração em homenagem ao criador na noite de quinta-feira (07).

“É nosso profundo pesar que ele ainda tinha vários trabalhos no meio da criação com grande entusiasmo. Além disso, ele teria muito mais coisas a realizar”, diz a declaração do Bird Studio, que inclui o aviso de que foi traduzida por máquina. “Ele deixou muitos títulos de mangá e obras de arte para este mundo. Graças ao apoio de tantas pessoas ao redor do mundo, ele pôde continuar suas atividades criativas por mais de 45 anos. Esperamos que o mundo único da criação de Akira Toriyama continue a ser amado por todos por muito tempo.”

Toriyama obteve sucesso precoce no setor de mangás com a criação da popular série Dr. Slump no final dos anos 1970, ganhando um prêmio Shogakukan Manga Award em 1981 e supervisionando duas adaptações subsequentes para anime.

No entanto, essa aclamação não foi nada comparada a Dragon Ball, uma continuação de seu one-shot Dragon Boy, influenciado por filmes de kung fu.

Publicado pela primeira vez como uma série em 1984, Dragon Ball cresceu e se tornou uma das séries de mangá mais vendidas de todos os tempos. Também se atribui a ela a popularização do mangá em todo o mundo, reforçada ainda mais pela audiência duradoura de suas várias adaptações para anime nos países ocidentais.

Seus outros créditos incluem vários mangás de uma única edição, além de desenhos de personagens para clássicos de videogame como Chrono Trigger e a franquia Dragon Quest.

Toriyama retornou a Dragon Ball na década de 2010, com o roteiro de Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses. Ele permaneceu envolvido com a propriedade ao longo de sua recente série de produções cinematográficas, incluindo a mais recente, Dragon Ball Super: Super Hero, de 2022.

Toriyama, por meio de Dragon Ball, influenciou diretamente diversas outras obras, como One Piece, Naruto e One Punch Man.

Um serviço funerário particular já foi realizado para a família de Toriyama. Ele deixa sua esposa, Yoshimi Katō, e seus dois filhos.


Fonte 

Deixe seu comentário