[Crítica] The Mandalorian – Temporada 2 – Capítulo 9: The Marshall

Início da temporada retorna a um dos planetas mais ícones da história do cinema.

0
Atenção: Existe spoilers no texto
A 2ª temporada de The Mandalorian finalmente estreou no catálogo da Disney+ na última sexta-feira (30), e parece que a série deve manter-se como o maior acerto da Lucasfilm na era Disney.
[Crítica] The Mandalorian – Temporada 2 – Capítulo 9: The Marshall 1
A história de The Marshall, é de certa forma básica, com Mando precisando achar outros Mandalorianos para que eles o ajudem a localizar o povo do Bebê Yoda/Criança. Depois de retirar a informação de uma criatura ciclópica chamada Gor Koresh (voz de John Leguizamo) de que haveria um em Tatooine, ele parte para lá (volta na verdade, depois explico melhor). Então em Tatooine ele pousa a nave no angar da mecânica que já o tinha ajudado e descobre que deve ir para Mos Pelgo.
Chegando em Mos Pelgo, que é a representação, nesse universo, das cidades de uma rua só de faroestes, ele descobre que esse tal Mandaloriano não é, na verdade, um Mandaloriano, mas sim algo muito melhor do que um Mandaloriano: ninguém menos do que Timothy Olyphant revivendo o tipo de personagem que o levou à fama em Deadwood primeiro e, depois, em Justified, ou seja, o xerife local que, no caso, faz uma permuta com os Jawas pela armadura e a usa para livrar o vilarejo de bandidos. Querendo de volta a armadura – porque esse é o caminho, ou algo assim – e com a cidade ameaçada por um “verme de areia” um acordo é celebrado em que Mando ajuda a matar o monstro em troca da devolução da preciosidade Mandaloriana (Mando é fluente no idioma do povo da areia o que ajuda e muito na empreitada).
[Crítica] The Mandalorian – Temporada 2 – Capítulo 9: The Marshall 2
O que segue daí é diversão 100%, contando com a clássica união hesitante de esforços entre os habitantes da cidade e os temidos Tuskens e a eliminação do bichão do jeito mais do que esperado, só que sempre divertido. Os efeitos especiais – incluindo aí o CGI, os efeitos práticos e a revolucionária técnica de retroprojeção de cenários filmados continuam do mais alto gabarito, como já era de esperar, com um trabalho espetacular de figurino, maquiagem e próteses.
[Crítica] The Mandalorian – Temporada 2 – Capítulo 9: The Marshall 3
Então em resumo, o episódio começa com mando e a criança indo buscar informações do paradeiro de seu povo e acaba por descobrir que deverá retornar a um dos planetas mais manjados da franquia. O que de certa forma soa como uma medida bem fácil do roteiro. Não estou dizendo que o episódio foi ruim, pelo contrário.
Eu só esperava por personagens novos, planetas novos e criaturas novas. Mas é claro que ver Gamorreanos lutando, o Povo da Areia em diversas situações, banthas, um Weequay bartender e, também, a clássica armadura de Boba Fett sendo usada por Cobb Vanth, xerife de Mos Pelgo, é o suficiente para trazer grande entusiamo dos fãs mais experientes.
[Crítica] The Mandalorian – Temporada 2 – Capítulo 9: The Marshall 4
Entre closes na fofura do Baby Yoda, artifício que, diria, já está esgotando as possibilidades, a presença de Olyphant com a armadura de Fett, The Marshall é um ótimo início de temporada para The Mandalorian.
[Crítica] The Mandalorian – Temporada 2 – Capítulo 9: The Marshall 5
5 1 voto
Gostou do Post?
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários