Série de Harry Potter prova o gigantesco fracasso de Animais Fantásticos

A Warner Bros. Discovery oficializou a produção de uma série de TV em live-action baseada na franquia Harry Potter. A vindoura obra prova de uma vez por todas o gigantesco fracasso da derivada Animais Fantásticos.

A série de filmes prelúdios começou relativamente forte, mas o interesse do público caiu a cada filme subsequente.

Isso não quer dizer que a franquia Mundo Mágico como um todo esteja morta, já que o sucesso do videogame Hogwarts Legacy e do parque temático Mundo Mágico prova que o fandom continua forte.

No entanto, a falta de novidades sobre Animais Fantásticos 4 e o anúncio oficial de um remake de Harry Potter mostraram que a história de Newt Scamander errou o alvo.

Depois que os livros e filmes de Harry Potter chegaram ao fim, ficou claro que o mundo bruxo ainda tinha histórias a oferecer.

A amada franquia havia se solidificado dentro da cultura popular, e um mundo de fantasia tão grande significava vários caminhos que os spinoffs poderiam explorar.

Histórias sobre a geração dos Marotos, toda a história de fundo de Voldemort e a verdade sobre o passado de Dumbledore eram coisas que o público queria ver na tela – e assim nasceu a franquia Mundo Mágico.

O primeiro passo para isso foram os filmes de Animais Fantásticos. Embora tenham sido criados com o melhor público possível de fãs, o plano de reboot de Harry Potter prova que as coisas não correram tão bem quanto poderiam.

Animais Fantásticos deveria reviver Harry Potter, mas falhou.

Os filmes de Animais Fantásticos deveriam ter sido a maneira perfeita de expandir a série Harry Potter. Eles exploraram as comunidades bruxas de outros países do mundo, especialmente os Estados Unidos, e mergulhou mais fundo na história de personagens misteriosos como Alvo Dumbledore.

Newt Scamander era um personagem único que era fácil de se relacionar, e o fato de ser um adulto refletia perfeitamente a idade crescente dos fãs (já que o público infantil original já havia crescido).

No papel, Animais Fantásticos deveria ter sido um sucesso – mas fracassou.

Logo da série de Harry Potter

Animais Fantásticos perdeu o foco

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald foi quando as coisas começaram a descer por água abaixo. De repente, o foco da franquia foi mudado para Dumbledore em vez de Newt, o que significava que a história estava perigosamente perto do território canônico.

Para fazer as histórias de Newt e Dumbledore se fundirem, a Warner Bros teve que trabalhar duro para martelar em detalhes onde eles não necessariamente pertenciam – e o resultado foi uma trama forçada em vez de orgânica.

Somadas as polêmicas envolvendo J.K. Rowling e os problemas legais do ator Johnny Depp, a tentativa de reviver a franquia Harry Potter começou a bater contra a parede.

Os problemas com a série Animais Fantásticos continuaram em Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore, quando Gellert Grindelwald foi reformulado, o personagem de Alvo Dumbledore foi significativamente alterado para ser um homem melhor do que Harry Potter implicava, e Tina Goldstein, o principal interesse amoroso de Newt, foi quase cortada da trama inteiramente.

O filme terminou com uma estreia doméstica de apenas cerca de US$ 42 milhões – consideravelmente menor do que o primeiro filme de Animais Fantásticos, com US$ 74 milhões. Com isso, é difícil justificar o custo de Animais Fantásticos 4.

O remake de Harry Potter na TV prova que a Warner Bros reconheceu os benefícios de tal formato. Embora os filmes originais sejam muito amados, eles têm sido criticados por cortar as nuances e tramas secundárias da história de Harry. Isso era, claro, inevitável.

Uma série de TV do Mundo Mágico pode corrigir todos esses problemas. Ao refazer cada livro amado em uma temporada, a série de TV Harry Potter pode aproveitar a nostalgia enquanto ainda fornece ao público muitos novos conteúdos.

Então, uma vez que todas as subtramas e detalhes sutis da história de Harry tenham sido adaptados para a nova série, isso significará uma base mais forte para mais spin-offs de filmes e TV de Harry Potter – dessa forma, a franquia Mundo Mágico pode evitar os erros de Animais Fantásticos.

Não há previsão de estreia para a série de Harry Potter no HBO Max.


Fonte Principal

Deixe seu comentário