Os emuladores são a solução para a preservação dos jogos retrô?

À medida que a indústria de jogos se expande e cresce, os emuladores podem ser a chave para preservar coleções inteiras de jogos retro para jogar em consoles modernos.

Os emuladores são a solução para a preservação dos jogos retrô? À medida que a indústria de jogos continua a se expandir e a lista de jogos retrô cresce, a popularidade dos emuladores está aumentando constantemente entre os jogadores que desejam experimentar a nostalgia dos jogos clássicos. Muitos consoles de jogos são agora considerados retrô e, com isso, suas extensas bibliotecas de jogos. Como a comunidade de jogos está bem avançada com a atual 9ª geração em diante, muitos temem que seus jogos clássicos favoritos sejam esquecidos e deixados para trás.

Embora a Sony procure usar seu novo sistema PlayStation Plus Premium para permitir que os jogadores transmitam jogos retrô, e o Game Pass da Microsoft continue a dar aos jogadores acesso a jogos retrô, suas seleções mal arranham a superfície de seu catálogo completo, e mais jogos modernos são adicionados do que retrô. É tão importante agora, mais do que nunca, que as empresas de jogos comecem a preservar os jogos retro para o futuro e os emuladores podem ser a maneira de fazer isso.

Quase todos os jogos agora considerados retro deixaram de ser distribuídos fisicamente, o que significa que alguns jogadores têm que pesquisar muito apenas para encontrar um jogo específico. Além disso, o valor da maioria dos jogos clássicos aumentou desde o seu lançamento, muitas vezes significando que certos jogos são incrivelmente caros para comprar e experimentar, essencialmente bloqueando todos os catálogos do console atrás de acessos pagos ridiculamente altos.

Considerando a questão crescente dos cambistas além do aumento de valor, alguns jogadores podem perder os jogos que desejam jogar, como aqueles que jogam Pokémon: Scarlet e Violet, que podem desejar vivenciar as origens da série. Embora as empresas de jogos ofereçam alternativas digitais, elas geralmente ainda têm preços elevados, como Red Dead Redemption Remaster da Rockstar Games para PS4, que oferece um jogo clássico por um preço moderno, impedindo os jogadores de realmente comprarem o jogo.

Um emulador minimizaria os problemas de ter que caçar cópias caras de jogos clássicos, fornecendo um serviço onde os jogadores poderiam selecionar, baixar e jogar quaisquer jogos disponibilizados. Jogos retrô, como Pokémon: Red and Blue e The Legend of Zelda: Ocarina of Time, tornaram-se incrivelmente difíceis de encontrar e caros de adquirir, então foram relançados na Nintendo 3DS eShop para os jogadores experimentarem.

Infelizmente, porém, plataformas digitais como a eShop do 3DS/Wii U e a loja do PlayStation 3 fecharam, praticamente interrompendo o método atual de obtenção de jogos retrô. Os emuladores superariam esse problema, fornecendo um catálogo cada vez maior de jogos retrô, não vinculados a edições físicas difíceis de encontrar ou lojas digitais vulneráveis, ajudando os jogadores a experimentar os clássicos sem precisar pagar preços exorbitantes.

Além dos videogames retrô serem caros e difíceis de encontrar, o mesmo se aplica aos consoles e controladores retrô, que muitas vezes são ainda mais difíceis de obter. Consoles e controladores retrô geralmente são essenciais para experimentar esses jogos nostálgicos. Por exemplo, para jogar Wii Sports Resort, os jogadores devem ter o WiiMote Plus, que é caro e raro. Mesmo que esses consoles e controladores sejam obtidos, não há garantia de que o hardware funcionará.

Desgaste geral, danos, descuido, compatibilidade do console e muito mais podem afetar muito a confiabilidade e a jogabilidade de um console. Além disso, não é garantido que monitores e TVs modernos funcionem com tecnologias mais antigas. Todas essas questões garantem uma experiência não tão tranquila para quem quer curtir videogames retrô da maneira que foram originalmente planejados, criando um novo nível de estresse na hora de acessar esses clássicos.

Ao utilizar um emulador, os jogos podem ser otimizados para o console ou hardware de escolha do usuário, eliminando dificuldades e problemas desnecessários que acompanham a exigência de consoles e controladores específicos para determinados jogos. Os emuladores poderiam permitir que empresas como Sony e Microsoft criassem bibliotecas em seus consoles mais recentes repletas de jogos retrô, permitindo que jogadores de todas as gerações vivessem a rica história dos videogames de uma forma moderna e conveniente.

À medida que as semanas, os meses e os anos passam e mais consolas são lançadas, cada vez mais sistemas se tornam mais difíceis e mais caros de colecionar. Considerando isso, um emulador seria uma ótima maneira de garantir que os jogos clássicos sejam jogados e apreciados no futuro, pois abriram o caminho para os jogos de hoje e para o futuro emocionante da indústria, e merecem ser preservados.

Os jogadores podem estar familiarizados com a polêmica história dos emuladores de jogos, especialmente no que diz respeito à Nintendo. Serviços de emuladores famosos como Dolphin e Skyline foram alvo de críticas e ações legais da Nintendo por permitir que pessoas baixassem seus jogos ilegalmente, e o Skyline foi retirado do ar como resultado.

Existem tantos emuladores por aí que listá-los todos seria inútil, mas todos juntos eles cobrem uma grande quantidade de videogames, permitindo fácil acesso aos jogadores para acessar jogos que de outra forma seriam difíceis de jogar. Isso prova quanta demanda e desejo existe por esses jogos retrô, na medida em que os jogadores estão dispostos a infringir a lei para jogá-los.

Embora os emuladores em si não sejam tecnicamente ilegais, seu principal uso é o download de videogames protegidos por direitos autorais. A grande quantidade de emuladores por aí, embora permita principalmente downloads ilegais de jogos protegidos por direitos autorais, não apenas prova o tamanho do público que existe para esses jogos desatualizados, mas também prova outra coisa crucial os emuladores funcionam.

A resposta ao uso ilegal de emuladores é simples: as próprias empresas de jogos precisam lançar uma maneira satisfatória de acessar jogos retrô, provavelmente por meio de seu próprio emulador. Ao longo de suas interessantes histórias, Nintendo, Sony, Microsoft e outras grandes editoras de jogos lançaram milhares de jogos, e seus serviços atuais não conseguem acomodar esses enormes catálogos de jogos.

 

O reconhecimento oficial e o uso desses emuladores ajudariam a continuar o trabalho para preservar os jogos retrô e poderiam até encorajar as empresas a relançar videogames cancelados ou retirados da lista, como o infame PT, que é quase impossível de jogar sem um emulador. Além disso, à medida que mais jogos grandes são lançados e levam mais tempo para serem jogados, títulos retrô menores correm o risco de ficar para trás no passado dos jogos. As empresas devem preservar estes jogos, para garantir que a comunidade de jogos avança adequadamente, sem esquecer as suas raízes.

Felizmente para os jogadores, a indústria parece já estar adotando emuladores para permitir acesso fácil e legal a videogames retrô, com a coleção de jogos clássicos Switch Online da Nintendo substituindo o console virtual Wii U e 3DS. O Nintendo Switch Online, semelhante ao PS Plus e ao Xbox Game Pass, vê jogos adicionados ao seu serviço mensalmente para os assinantes jogarem. Ao contrário de seus equivalentes, porém, os jogos mensais da Nintendo são sempre retrô, provenientes de consoles como NES, GameCube e Game Boy.

Através do Nintendo Switch Online, esses jogos retrô são emulados e otimizados para o Nintendo Switch, tendo até recursos adicionados para melhorar a experiência geral e torná-la ainda melhor. Graças ao Nintendo Switch Online, os jogos retrô da Nintendo e Atari estão começando a ser preservados para o futuro e experimentados por jogadores novos e antigos nos consoles mais recentes.

É óbvio para a comunidade de jogos que os emuladores são a maneira perfeita de experimentar jogos clássicos e retrô em nossos consoles e hardware modernos. A popularidade do Nintendo Switch Online e o grande número de emuladores online provam isso, com os jogadores podendo acessar jogos nostálgicos com muito mais facilidade. Teremos que esperar e ver como as empresas de jogos decidirão usar emuladores no futuro, pois eles são realmente uma maneira fantástica de vivenciar a história da indústria através de jogos clássicos icônicos, ajudando a preservá-los para futuras gerações de consoles e jogadores de todas as idades, e eliminando os requisitos de coleta cara de console/jogo e remasterizações descuidadas.

 

Fonte: CBR

Deixe seu comentário