James Stokoe lidera indicações ao Prêmio Eisner para 2020

0

A San Diego Comic-Con anunciou as indicações para o Will Eisner Comic Industry Awards 2020, que deveriam ter sido apresentadas na San Diego Comic-Con, mas agora estarão online para julho de 2020. James Stokoe com seu trabalho de Dark Horse e Shortbox obteve o maior número de indicações para qualquer criador (5), enquanto iDW compartilhou o número superior de indicações solo com 13 (mais 1 compartilhado) enquanto Image Comics teve 11 (mais 6 compartilhados). Aqui está a lista completa.

Melhor Conto

  • “Pente Quente”, por Ebony Flowers, em Pente quente (Desenhado e Trimestral)
  • “Como Desenhar um Cavalo”, por Emma Hunsinger, The New Yorker, https://www.newyorker.com/humor/daily-shouts/how-to-draw-a-horse
  • “A Menopausa”, de Mira Jacob, O Crente, https://believermag.com/the-menopause/
  • “Quem é chamada de mãe ‘incapaz’?” por Miriam Libicki, O Nib, https://thenib.com/who-gets-called-an-unfit-mother/
  • “Você não vai acreditar no que estou prestes a te dizer”, por Matthew Inman, O farinha de aveia, https://theoatmeal.com/comics/believe

Melhor edição individual/um tiro

  • Coin-Op nº 8: Paixão, por Peter e Maria Hoey (Coin-Op Books)
  • A Aberração, por Matt Lesniewski (AdHouse)
  • Minotäar, por Lissa Treiman (Shortbox)
  • Nossa coisa favorita é Minha coisa favorita são monstros, por Emil Ferris (Fantagraphics)
  • Sobek, por James Stokoe (Shortbox)

Melhor série contínua

  • Raiz Amarga, por David Walker, Chuck Brown e Sanford Greene (Imagem)
  • Criminal por Ed Brubaker e Sean Phillips (Imagem)
  • Lotado por Christopher Sebela, Ro Stein e Ted Brandt (Imagem)
  • Demolidor por Chip Zdarsky e Marco Checchetto (Marvel)
  • O Sonho, por Simon Spurrier, Bilquis Evely et al. (DC)
  • Hulk imortal, por Al Ewing, Joe Bennett e Ruy José et al. (Marvel)

Melhor Série Limitada

  • Ascendente, por Jeff Lemire e Dustin Nguyen (Imagem)
  • Árvore Fantasma, por Bobby Curnow e Simon Gane (IDW)
  • LEuTTLe Pássaro por Darcy Van Poelgeest e Ian Bertram (Imagem)
  • Naomi por Brian Michael Bendis, David Walker e Jamal Campbell (DC)
  • Sencientes por Jeff Lemire e Gabriel Walta (TKO)

Melhor nova série

  • Doutor Doom, por Christopher Cantwell e Salvador Larocca (Marvel)
  • Reino Invisível, por G. Willow Wilson e Christian Ward (Berger Books/Dark Horse)
  • Once & Future, por Kieron Gillen e Dan Mora (BOOM! Estúdios)
  • Algo está matando as crianças, por James Tynion IV e Werther Dell’Edera (BOOM! Estúdios)
  • País desconhecido, por Scott Snyder, Charles Soule, Giuseppe Camuncoli e Daniele Orlandini (Imagem)

Melhor publicação para leitores iniciais

  • Quadrinhos: Fácil como a ABC, por Ivan Brunetti (TOON)
  • Kitten Construction Company: A Bridge Too Fur, por John Patrick Green (Primeiro Segundo/Macmillan)
  • O Pombo tem que ir para a escola! por Mo Willems (Hyperion Books)
  • Uma viagem ao topo do vulcão com mouse, por Frank Viva (TOON)
  • Vamos! Vamos ao mercado, por Raúl III (Versify/Houghton Mifflin Harcourt)
  • Quem molhou minhas calças? por Bob Shea e Zachariah Ohora (Little, Brown)

Melhor publicação para crianças

  • Akissi: Mais Contos de Travessuras, por Marguerite Abouet e Mathieu Sapin (Olho Voador/Nobrow)
  • Dog Man: Para quem a bola rola, por Dav Pilkey (Graphix escolástica)
  • Guts, de Raina Telgemeier (Graphix escolástica)
  • New Kid, por Jerry Craft (Quill Tree/HarperCollins)
  • Este era o nosso pacto, por Ryan Andrews (Primeiro Segundo/Macmillan)
  • O Lobo de Cuecas, por Wilfrid Lupano, Mayana Itoïz e Paul Cauuet (Graphic Universe/Lerner Publishing Group)

Melhor Públicoation para Adolescentes

  • Harley Quinn: Quebrando vidro, por Mariko Tamaki e Steve Pugh (DC)
  • Pente quente, por Ebony Flowers (Drawn & Quarterly)
  • Beijo número 8, por Colleen AF Venable e Ellen T. Crenshaw (Primeiro Segundo/Macmillan)
  • Laura Dean continua terminando comigo, por Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O’Connell (Primeiro Segundo/Macmillan)
  • Penny Nichols, por MK Reed, Greg Means e Matt Wiegle (Prateleira Superior)

Melhor publicação de humor

  • Anatomia dos Autores, por Dave Kellett (SheldonComics.com)
  • A morte ganha um peixinho dourado, por Brian Rea (Chronicle Books)
  • Minotäar, por Lissa Treiman (Shortbox)
  • Sobek por James Stokoe (Shortbox)
  • O Caminho do Marido da Casa, vol. 1, por Kousuke Oono, tradução de Sheldon Drzka (VIZ Media)
  • Wondermark: Amigos que você pode montar, por David Malki (Wondermark)

Melhor Antologia

  • ABC da Tipografia, por David Rault (SelfMade Hero)
  • Antologia dos Quadrinhos Bálticos! #34-37, editado por David Schilter, Sanita Muižniece et al. (kuš!)
  • Poder de Desenho: Histórias femininas de violência sexual, assédio e sobrevivência, editado por Diane Noomin (Abrams)
  • Ergot kramer #10, editado por Sammy Harkham (Fantagraphics)
  • O Nib #2–4, editado por Matt Bors (Nib)

Melhor trabalho baseado em realidade

  • Boa conversa: um livro de memórias em conversas, por Mira Jacob (One World/Random House)
  • Grama por Keum Suk Gendry-Kim, tradução de Janet Hong (Drawn & Quarterly)
  • Luvas de criança: Nove meses de caos cuidadoso, por Lucy Knisley (Primeiro Segundo/Macmillan)
  • Moonbound: Apollo 11 e o Sonho do Voo Espacial, por Jonathan Fetter-Vorm (Hill & Wang)
  • My Diário de Troca Solo, vol. 2 (sequência para My Experiência Lésbica com Solidão), por Nagata Kabi, tradução de Jocelyne Allen (Seven Seas)
  • Eles nos chamavam de inimigos, por George Takei, Justin Eisinger, Steven Scott e Harmony Becker (Top Shelf)

Melhor álbum gráfico — novo

  • Você está ouvindo? por Tillie Walden (Primeiro Segundo/Macmillan)
  • Bezimena, por Nina Bunjevac (Fantagraphics)
  • BTTM FDRS, por Ezra Claytan Daniels e Ben Passmore (Fantagraphics)
  • A Vida na Lua, por Robert Grossman (Yoe Books/IDW)
  • Novo Mundo, por David Jesus Vignolli (Archaia/BOOM!)
  • Histórias de reencarnação, por Kim Deitch (Fantagraphics)

Melhor álbum gráfico — Reimpressão

  • Fim de semana ruim por Ed Brubaker e Sean Phillips (Imagem)
  • Clyde Fans, por Seth (Drawn & Quarterly)
  • Cobrir vol. 1, por Brian Michael Bendis e David Mack (DC/Jinxworld)
  • Glenn Ganges: O Rio à Noite, por Kevin Huizenga (Drawn & Quarterly)
  • Laguardia, por Nnedi Okorafor e Tana Ford (Berger Books/Dark Horse)
  • Rusty Brown, por Chris Ware (Pantheon)

Melhor adaptação de Outro Meio

  • Girafas na Salada A Cavalo: Salvador Dali, os Irmãos Marx, e o filme mais estranho nunca feito, por Josh Frank, Tim Hedecker e Manuela Pertega (Quirk Books)
  • O Doador, por Lois Lowry e P. Craig Russell, (HMH Books for Young Readers)
  • The Handmaid’s Tale: The Graphic Novel, por Margaret Atwood, adaptada por Renee Nault (Nan A. Talese)
  • HP Lovecraft’s At the Mountains of Madness, vols. 1-2, adaptado por Gou Tanabe, tradução de Zack Davisson (Dark Horse Manga)
  • A Sétima Viagem, por Stanislaw Lem, adaptado por Jon Muth, tradução de Michael Kandel (Scholastic Graphix)
  • Neve, Vidro, Maçãs, por Neil Gaiman e Colleen Doran (Dark Horse Books)

Melhor edição americana de material internacional

  • Verão Diabólico, thierry Smolderen e Alexandre Clerisse, tradução de Edward Gauvin (IDW)
  • Gramercy Park, por Timothée de Fombelle e Christian Cailleaux, tradução de Edward Gauvin (EuroComics/IDW)
  • A Casa, por Paco Roca, tradução de Andrea Rosenberg (Fantagraphics)
  • Maggy Garrisson, por Lewis Trondheim umD Stéphane Oiry, tradução por Emma Wilson (SelfMadeHero)
  • Ficar por Lewis Trondheim e Hubert Chevillard, tradução de Mike Kennedy (Magnetic Press)
  • Ira de Fantômas, por Olivier Bouquet e Julie Rocheleau, tradução de Edward Gauvin (Titan)

Melhor edição americana de material internacional — Ásia

  • BEASTARS, por Paru Itagaki, tradução de Tomo Kimura (VIZ Media)
  • Gatos do Louvre, Por Taiyo Matsumoto, tradução de Michael Arias (VIZ Media)
  • Grama por Keum Suk Gendry-Kim, tradução por Janet Hong (Desenhado e Trimestral)
  • Magic Knight Rayearth 25th Anniversary Edition, por CLAMP, tradução de Melissa Tanaka (Kodansha)
  • O Clã Poe, por Moto Hagio, tradução de Rachel Thorn (Fantagraphics)
  • O Ateliê do Chapéu de Bruxa, por Kamome Shirahama, tradução de Stephen Kohler (Kodansha)

Melhor coleção/projeto de arquivamento — Tiras

  • Cham: As Melhores Tiras de Quadrinhos e Graphic Novelettes, 1839-1862, por David Kunzle (University Press of Mississippi)
  • Little Joe de Ed Leffingwell, por Harold Gray, editado por Peter Maresca e Sammy Harkham (Sunday Press Books)
  • Biblioteca George Herriman: Krazy & Ignatz 1916-1918, editado por R.J. Casey (Fantagraphics)
  • Krazy Kat: Os domingos de cores completas, por George Herriman, editado por Alexander Braun (TASCHEN)
  • Loucura em Multidões: A Mente Cheia de Harrison Cady, por Violet e Denis Kitchen (Beehive Books)
  • Pogo, Vol. 6: Limpo como uma doninha, por Walt Kelly, editado por Mark Evanier e Eric Reynolds (Fantagraphics)

Melhor Coleção/Projeto de Arquivamento — Quadrinhos

  • Alay-Oop, por William Gropper (New York Review Comics)
  • O Crepax Completo, vol. 5: Histórias Americanas, editado por Kristy Valenti (Fantagraphics)
  • O Amor de Dingbat de Jack Kirby, editado por John Morrow (TwoMorrows)
  • Moonshadow: A Edição Definitiva, por J. M. DeMatteis, Jon J Muth, George Pratt, Kent Williams, e outros (Dark Horse Books)
  • Usagi Yojimbo, de Stan Sakai: A seleção completa do artista de grasscutter, por Stan Sakai, editado por Scott Dunbier (IDW)
  • Aquele sentimento miyoko Asagaya, por Shinichi Abe, tradução de Ryan Holmberg, editado por Mitsuhiro Asakawa (Black Hook Press)

Melhor Escritor

  • Bobby Curnow, Árvore Fantasma (IDW)
  • MK Reed e Greg Means, Penny Nichols (Prateleira Superior)
  • Mariko Tamaki, Harley Quinn: Quebrando vidro (DC); Laura Dean continua terminando comigo (Primeiro Segundo/Macmillan); Archie (Archie)
  • Lewis Trondheim, Ficar (Imprensa Magnética); MAggy GarrissoN (SelfMadeHero)
  • G. Willow Wilson, Reino Invisível (Berger Books/Dark Horse); Ms. Marvel (Marvel)
  • Chip Zdarsky, Árvores Brancas (Imagem); Demolidor, Homem-Aranha: História da Vida (Marvel); Afterlift (Originais da comiXologia)

Melhor Escritor/Artista

  • Nina Bunjevac, Bezimena (Fantagraphics)
  • Mira Jacob, Boa conversa (Random House); “A Menopausa” em O Crente (1 de junho de 2019)
  • Keum Suk Gendry-Kim, Grama (Desenhado e Trimestral)
  • James Stokoe, Sobek (Shortbox)
  • Raina Telgemeier, Coragem (Grafix escolástico)
  • Tillie Walden, Você está ouvindo? (Primeiro Segundo/Macmillan)

Melhor equipe de lápis/inker ou penciller/inker

  • Ian Bertram, Passarinho (Imagem)
  • Colleen Doran, Neve, Vidro, Maçãs (Dark Horse)
  • Bilquis Evely, O Sonho (DC)
  • Simon Gane, Árvore Fantasma (IDW)
  • Steve Pugh, Harley Quinn: Quebrando vidro (DC)
  • Rosemary Valero-O’Connell, Laura Dean continua terminando comigo (Primeiro Segundo/Macmillan)

Melhor Pintor/Artista Digital

  • Didier Cassegrain, Lírios da Água Negra (Europe Comics)
  • Alexandre Clarisse, Verão Diabólico (IDW)
  • David Mack, Cobrir (DC)
  • Léa Mazé, Elma, A Vida de Um Urso, vol. 1: A Grande Jornada (Europe Comics)
  • Julie Rocheleau, Ira de Fantômas (Titã)
  • Christian Ward, Reino Invisível (Berger Books/Dark Horse)

Melhor artista de capa

  • Jen Bartel, Blackbird (Image Comics)
  • Francesco Francavilla, Archie, Archie 1955, Archie Vs. Predator II, Cosmo (Archie)
  • David Mack, American Gods, Clube da Luta 3 (Dark Horse); Cobrir (DC)
  • Emma Rios, Muito Mortal (Imagem)
  • Julian Tedesco, 78. Demolidor (Marvel)
  • Christian Ward, Magos da metralhadora (Dark Horse), Reino Invisível (Berger Books/Dark Horse)

Melhor coloração

  • Lorena Alvarez, Hicotea (Nobrow)
  • Jean-François Beaulieu, Middlewest (Imagem)
  • Matt Hollingsworth, Batman: Maldição do Cavaleiro Branco, Batman Cavaleiro Branco Apresenta Von Freeze (DC); LEuttle Bird, Novembro (Imagem)
  • Molly Mendoza, SkIp (Nobrow)
  • Dave Stewart, Martelo Negro, B.P.R.D.: O Diabo Que Você Sabe, Hellboy e o BPRD (Dark Horse); Cachoeira Gideon (Imagem); Surfista Prateado Negro, Homem-Aranha (Marvel)

Melhor letra

  • Deron Bennett, Batgirl, Arqueiro Verde, Liga da Justiça, Caçador de Marte (DC); Canto (IDW); Nação Assassina, Excelência (Skybound/Imagem); Para beber e comer, vol. 1 (Forja do Leão); Ressonante (Cofre)
  • Jim Campbell, Crachá Preto, Coda (BOOM Studios); Dias Gigantes, Lumberjanes: A Forma da Amizade (BOOM Box!); A Vida Após A Vida Após Aderua moderna de Rocko (KaBOOM!); No Fim de Sua Tether (Forja do Leão); Blade Runner 2019 (Titã); Shopping, O Enredo, Espaço Desperdiçado (Cofre)
  • Clayton Cowles, Aquaman, Batman, Batman e os Forasteiros, Heróis em Crise, Superman: No Céu, Amigo do Super-Homem Jimmy Olsen (DC); Raiz Amarga, Muito Mortal, Moonstruck, Redlands, The Wicked + The Divine (Imagem); Reaver (Skybound/Imagem); Demolidor, Aranha Fantasma, Surfista Prateado Preto, Homem-Aranha Superior, Veneno (Marvel)
  • Planalto Emilie, Colorido: A Vida Não Cante de Claudette Colvin (Europe Comics)
  • Stan Sakai, Usagi Yojimbo (IDW)
  • Tillie Walden, Você está ouvindo? (Primeiro Segundo/Macmillan)

Melhor periódico/jornalismo relacionado aos quadrinhos

  • Comic Riffs blog, por Michael Cavna, www.washingtonpost.com/entertainment/comics/
  • The Comics Journal, editado por Gary Groth, RJ Casey, e Kristy Valenti (Fantagraphics)
  • Hogan’s Alley, editado por Tom Heintjes (Hogan’s Alley)
  • Tintas: O Jornal da Sociedade de Estudos de Quadrinhos, editado por Qiana Whitted (Ohio State University Press)
  • Laab Magazine, vol. 4: Esta era sua vida, editado por Ronald Wimberly e Josh O’Neill (Beehive Books)
  • Women Write About Comics, editado por Nola Pfau e Wendy Browne, www.WomenWriteAboutComics.com

Melhor livro relacionado a quadrinhos

  • A Arte do Nada: 25 Anos de Vira-Latas e a Arte de Patrick McDonnell (Abrams)
  • O Livro do Esquisito, por Jon B. Cooke (Último Suspiro)
  • Grunt: A Arte e Quadrinhos Inéditos de James Stokoe (Dark Horse)
  • Logo a Gogo: Branding Pop Culture, por Rian Hughes (Korero Press)
  • Fazendo Quadrinhos, por Lynda Barry (Drawn & Quarterly)
  • Screwball! Os Cartunistas que fizeram as piadas engraçadas, por Paul Tumey (Biblioteca de Quadrinhos Americanos/IDW)

Melhor trabalho acadêmico/acadêmico

  • A Arte de Pere Joan: Espaço, Paisagem e Forma de Quadrinhos, por Benjamin Fraser (University of Texas Press)
  • Os Quadrinhos de Rutu Modan: Guerra, Amor e Segredos, por Kevin Haworth (University Press of Mississippi)
  • EC Comics: Raça, Choque e Protesto Social, por Qiana Whitted (Rutgers University Press)
  • The Peanuts Papers: Escritores e Cartunistas em Charlie Brown, Snoopy & the Gang, e the Meaning of Life, editado por Andrew Blauner (Biblioteca da América)
  • Produzindo Entretenimento em Massa: A Vida Em Série do Garoto Amarelo, por Christina Meyer (Ohio State University Press)
  • Mangá feminino na Ásia e além: Unindo diferentes culturas e identidades, editado por Fusami Ogi et al. (Palgrave Macmillan)

Melhor design de publicação

  • Grunt: A Arte e Quadrinhos Inéditos de James Stokoe, projetado por Ethan Kimberling (Dark Horse)
  • Krazy Kat: Os domingos de cores completas, por George Herriman, desenhado por Anna-Tina Kessler (TASCHEN)
  • Logo a Gogo, projetado por Rian Hughes (Korero Press)
  • Loucura em Multidões: A Mente Cheia de Harrison Cady, projetado por Paul Kopple e Alex Bruce (Beehive Books)
  • Fazendo quadrinhos, projetado por Lynda Barry (Drawn & Quarterly)
  • Rusty Brown, projetado por Chris Ware (Pantheon)

Melhor Quadrinho Digital

  • Afterlift, por Chip Zdarsky e Jason Loo (comiXology Originals)
  • Lírios da Água Negra, por Michel Bussi, adaptado por Frédéric Duval e Didier Cassegrain, traduzido por Edward Gauvin (Europe Comics)
  • Colorido: A Vida Não Cante de Claudette Colvin, por Tania de Montaigne, adaptada por Emilie Plateau, traduzida por Montana Kane (Europe Comics)
  • Elma, A Vida de Um Urso, vol. 1: A Grande Jornada, por Ingrid Chabbert e Léa Mazé, traduzido por Jenny Aufiery (Europe Comics)
  • Mare Internum, por Der-shing Helmer (comiXology; gumroad.com/l/MIPDF)
  • Contos de Trás da Janela, por Edanur Kuntman, traduzido por Cem Ulgen (Europe Comics)

Melhor Webcomic

  • Cabramatta, por Matt Huynh, http://believermag.com/cabramatta/
  • Chuckwagon no Fim do Mundo, por Erik Lundy, https://hollowlegcomics.tumblr.com/chuckwagon
  • Os Olhos, de Javi de Castro, https://www.javidecastro.com/theeyes
  • Fried Rice Comic, de Erica Eng, https://friedricecomic.tumblr.com
  • reMIND, de Jason Brubaker, https://is.gd/T7rafM
  • Sociedade do Terceiro Turno, por Meredith Moriarty, https://www.webtoons.com/en/supernatural/third-shift-society/list?title_no=1703

O IDW e a Image receberam o maior número de indicações: IDW com 13 (mais 1 compartilhado) e Imagem com 11 (mais 6 compartilhados). Liderando o pacote para Idw É Árvore Fantasma, para Melhor Série Limitada, Melhor Escritor (Bobby Curnow), e Melhor Penciller/Inker (Simon Gane). Projetos iDW com 2 indicações incluem Verão Diabólico (Melhor Publicação Internacional, Melhor Pintor para Alexandre Clarisse) e Usagi Yojimbo, de Stan Sakai: A seleção completa do artista de grasscutter (Melhor Coleção de Arquivamento, Melhor Design de Publicação). A marca top shelf da IDW tem dois indicados: George Takei Eles nos chamavam de inimigos (Melhor trabalho baseado em realidade) e Penny Nichols (Melhor publicação para Adolescentes, Melhor Escritor para MK Reed & Greg Means). Imagem tem 3 dos 6 indicados para a categoria Melhor Nova Série Continuada: Raiz Amarga, Criminal, E Lotado. O título da Imagem com mais indicações é Passarinho (Melhor Série Limitada, Melhor Penciller/Inker para Ian Bertram, e compartilhou melhor coloração para Matt Hollingsworth).

Outros editores com várias nomeações incluem Fantagráficos (12), Azarão (10 mais 4 compartilhados), Primeiro Segundo (9 mais 1 compartilhado), Sorteado e trimestral (9), Dc (7 mais 5 compartilhados), Europe Comics (7), Shortbox (5), Escolar (4), Marvel (4 mais 4 compartilhados) e Boom! (3 mais 1 compartilhado). Cinco empresas tiveram 3 indicados: Beehive Books, Nobrow, VIZ Media, SelfMadeHero (2 + 1 compartilhados) e Titan (2 + 1 compartilhado). Doze empresas têm 2 indicações cada, e outras 35 empresas ou pessoas físicas têm 1 nomeação cada.

Além de Árvore Fantasma E Passarinho, trabalhos com mais de 2 indicações incluem Dark Horse Reino Invisível (Melhor Nova Série, Melhor Pintor e Melhor Artista De Capa para Christian Ward, Melhor Escritor para G. Willow Wilson), Tillie Walden Você está ouvindo (Melhor Álbum Gráfico- Novo, Melhor Escritor/Artista, Melhor Letra, do Primeiro Segundo), Desenhado & Trimestral Grama (Melhor trabalho baseado em realidade, melhor publicação internacional – Ásia, melhor escritor/artista para Keum Suk Gendry-Kim), DC Harley Quinn: Quebrando vidro (Melhor publicação para Adolescentes, Melhor Escritor para Mariko Tamaki, Melhor Penciller/Inker para Steve Pugh), e Laura Dean continua terminando comigo por Tamaki e Rosemary Valero-O’Connell (Melhor Publicação para Adolescentes, Melhor Escritor, Melhor Penciller/Inker, a partir do primeiro segundo). Mais de 20 obras têm 2 indicações.

O criador com mais indicações é James Stokoe com 5: Além de ser escolhido para melhor escritor/artista, sua Sobek (publicado pela Shortbox) é indicado para Melhor Edição Única e Melhor Publicação de Humor, e um livro dedicado a ele, Grunt: A Arte e Quadrinhos Inéditos de James Stokoe (publicado pela Dark Horse) é indicado para Melhor Livro Relacionado aos Quadrinhos e Melhor Design de Publicação. Oito criadores têm 3 indicações cada: Keum Suk Gendry-Kim (para Grama), David Mack (Melhor pintor, melhor artista cover e melhor álbum gráfico – reimpressão para Cobrir), Stan Sakai (dois para o Usagi Yojimbo Cortador de grama livro mais Melhor Letra), Mariko Tamaki (Melhor Escritor mais dois em Melhor Publicação para Adolescentes-Harley Quinn E Laura Dean), Lewis Trondheim (Melhor publicação internacional para SelfMadeHero’s Maggy Garrisson e magnetic press’s Ficar mais Melhor Escritor), Tillie Walden (o 3 para Você está ouvindo?), Christian Ward (o 3 para Reino Invisível), e Chip Zdarsky (Melhor Série Contínua para Marvel’s Demolidor Melhor Quadrinho Digital para comiXology’s Afterlift, e Melhor Escritor).

Vinte e cinco criadores são indicados para 2 Eisners: Lynda Barry, Ian Bertram, Ed Brubaker, Nina Bunjevac, Didier Cassagrain, Alexandre Clarisse, Bobby Cornow, Collen Doran, Bilquis Evely, Ebony Flowers, Simon Gane, Mira Jacob, Léa Mazé, Rosemary Valero-O’Connell, Sean Phillips, Emilie Plateau, Steve Pugh, Julie Rocheleau, MK Reed & Greg Means, Lissa Treiman, Raina Telgemeier, David Walker, Chris Ware, e G Willow Wilson.

Com o nome do aclamado criador de quadrinhos Will Eisner, os prêmios estão celebrando seu 32º ano de chamar a atenção e destacar as melhores publicações e criadores em quadrinhos e graphic novels. O painel de julgamento do Eisner Awards 2020 é composto pela revisora de graphic novel Martha Cornog (Jornal da Biblioteca), o jornalista de quadrinhos Jamie Coville (TheComicBooks.com), o acadêmico/autor Michael Dooley (L.A. Art Center College of Design, Imprimir revista), escritor/romancista de quadrinhos Alec Grecian (Prova, Rasputin, O Pátio), o jornalista/blogueiro/podcaster Simon Jimenez (voluntário da Longtome Comic-Con) e a varejista Laura O’Meara (Casablanca Comics, Portland, ME).

“O processo de julgamento foi muito desafiador este ano”, diz o administrador do Eisner Awards, Jackie Estrada. “Normalmente, todos os juízes se encontram em San Diego por quatro dias em uma sala cheia de todos os enviados comics e livros e eles são capazes de interagir uns com os outros em pessoa. Com o país em confinamento, todos eles tiveram que ficar em suas respectivas casas (tão longe quanto Maine, Pensilvânia, Kansas e Kingston, Ontário) então tiveram que se comunicar por e-mail, um grupo de mídia social e Zoom. Pacotes de livros iam e voltavam por todo o país. Felizmente, conseguimos trabalhar com o pessoal da comiXology e muitos dos editores para ter versões digitais de centenas de submissões disponíveis para os juízes.” Ela acrescenta: “O processo demorou dois meses a mais do que o habitual, de modo que a janela para votação é significativamente menor do que em anos anteriores. Encorajamos os profissionais dos quadrinhos a votar o mais rápido possível.”

A votação para os prêmios é realizada online, e a cédula estará disponível em www.eisnervote.com. Todos os profissionais da indústria de quadrinhos estão aptos a votar. O prazo para votação é 18 de junho. Os resultados da votação serão anunciados em julho (mais detalhes serão anunciados posteriormente).

O Will Eisner Comic Industry Awards é apresentado pela San Diego Comic Convention (Comic-Con International), uma Corporação de Benefícios Públicos sem fins lucrativos da Califórnia organizada para fins de caridade e dedicada a criar a conscientização e apreciação do público em geral para quadrinhos e formas de arte popular relacionadas, incluindo a participação e apoio de apresentações públicas, convenções, exposições, museus e outras atividades de divulgação pública que celebram a contribuição histórica e contínua dos quadrinhos para a arte e a cultura.

Juízes escolhem Nell Brinkley e E. Simms Campbell para o Hall da Fama de Eisner

Eleitores selecionarão mais 4 inscritos

A Comic-Con International (Comic-Con) anunciou que os juízes do Eisner Awards selecionaram dois indivíduos para serem automaticamente introduzidos no Will Eisner Comic Awards Hall of Fame para 2020. Esses inscritos são pioneiros cartunistas de jornal Nell Brinkley (criador da Garota Brinkley) e cartunista/ilustrador afro-americano E. Simms Campbell (Esquire, Life, Judge, Playboy, e muitas outras revistas).

Os juízes também escolheram 14 indicados dos quais os eleitores escolherão 4 para serem introduzidos no Hall da Fama neste verão. Estes indicados são Alison Bechdel, Howard Cruse, Moto Hagio, Don Heck, Jeffrey Catherine Jones, Françoise Mouly, Keiji Nakazawa, Thomas Nast, Lily Renée Peter Phillips, Stan Sakai, Louise Simonson, Don e Maggie Thompson, James Warren, E Bill Watterson.

A VOTAÇÃO PARA O HALL DA FAMA DE 2020 ESTÁ ENCERRADA.

O painel de julgamento do Eisner Awards 2020 é composto por revisor de quadrinhos Martha Cornog (Jornal da Biblioteca), jornalista/historiador Jamie Coville (CollectorTimes.com, TheComicBooks.com), autor/acadêmico Michael Dooley (Art Center College of Design, Imprimir revista), escritor de romancista/comediante Alex Grecian (O Quintal, Prova, Sete Filhos), o podcaster/voluntário da Comic-Con Simon Jimenez e a varejista Laura O’Meara (Casablanca Comics, Portland, ME). Role para baixo para obter biografias dos juízes de 2020.

Os juízes gostariam de agradecer especial aos alunos do Centro de Estudos de Desenhos Animados em White River Vermont (cortesia de Steve Bissette e James Sturm) por sua contribuição útil ao processo de seleção do Hall da Fama.

As submissões estão sendo aceitas nas outras categorias Eisner; o prazo final é 13 de março. Os indicados para essas categorias serão anunciados no final de abril.

O Eisner Awards será entregue em uma cerimônia de premiação de gala que será realizada no dia 24 de julho no Hilton San Diego Bayfront Hotel. Jackie Estrada é a administradora do Prêmio Eisner.

Os Prêmios Eisner são apresentados sob os auspícios da Convenção de Quadrinhos de San Diego (Comic-Con) uma Corporação de Benefício Público sem fins lucrativos da Califórnia organizada para fins de caridade e dedicada a criar a conscientização e apreciação do público em geral e apreço por quadrinhos e formas de arte popular relacionadas, incluindo a participação e apoio de apresentações públicas, convenções, exposições, museus e outras atividades de divulgação pública que celebram a contribuição histórica e contínua dos quadrinhos para a arte e a cultura.

Juízes Nomeados para o Prêmio Eisner 2020

Seis especialistas em quadrinhos compõem comitê de nomeação

A Comic-Con International (Comic-Con) tem o orgulho de anunciar que o júri foi nomeado para o Will Eisner Comic Industry Awards 2020. Este comitê de fita azul selecionará as indicações para aparecer na votação do Eisner Awards. Os juízes deste ano são Martha Cornog, Jamie Coville, Michael Dooley, Alex Grecian, Simon Jimenez e Laura O’Meara.

O post James Stokoe Tops Eisner Award Indicações para 2020 apareceu primeiro em Bleeding Cool News And Rumors.

Fonte Original: Bleedingcoll

5 1 voto
Gostou do Post?
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários