So I’m a Spider, So What? Pode ser uma viradade jogo no genero Isekai

O episódio 1 de So I'm a Spider destaca a hierarquia dos papéis de seus personagens, dando o tom para uma história divertida que pode abalar isekai.

0
So I’m a Spider, So What? Pode ser uma viradade jogo no genero Isekai
So I’m a Spider, So What? Pode ser uma viradade jogo no genero Isekai
- Advertisement -

AVISO: o seguinte contém spoilers para So I’m a Spider, So What? Episódio 1, “Reencarnado, em outro mundo?” streaming agora no Crunchyroll.

Com o aumento da popularidade das histórias de isekai em mangás e animes, talvez não seja surpresa que a pergunta: ‘E se alguém fosse reencarnado como uma aranha em outro mundo?’ eventualmente seria perguntado – e respondido. So I’m a Spider, So What?  (Então, eu sou uma aranha, e daí?) é um romance leve popular criado por Okina Baba e Tsukasa Kiryu, e a adaptação animada vem das mãos talentosas dos Millepensee Studios. Com Shin Itagaki no comando como diretor, a série teve um ótimo começo em sua estréia, encontrando um forte equilíbrio entre comédia e ação, e estabelecendo elementos que a diferenciam, já, de outras isekai.

Ainda não está claro como o protagonista principal – e os outros personagens – foram reencarnados no mundo de fantasia em que a história se passa, mas há dicas sutis dadas ao longo do episódio, intitulado “Reencarnação, em outro mundo?” A primeira metade do episódio lida com a aranha sem nome descobrindo suas habilidades ocultas. Como a maioria dos RPGs, ela está começando em um nível baixo e suas habilidades não são tão especiais . Através de inúmeras tentativas e muitos erros, a aranha é capaz de utilizar suas próprias habilidades para capturar sua primeira presa e subir de nível certas estatísticas. Esta primeira cena de luta entre o sapo e a aranha também oferece um rápido vislumbre do estilo de luta animado bem renderizado em 3D que virá em batalhas futuras.

So I’m a Spider, So What? Pode ser uma viradade jogo no genero Isekai 1

A protagonista principal admite não ser ninguém em sua vida passada – não se destacando de forma alguma. Pode ser que seu baixo status no mundo humano ditasse a criatura na qual ela reencarnou, e essa regra se aplicava aos outros personagens também.

Ao contrário da aranha, os outros personagens principais que reencarnaram são apresentados com nomes e laços familiares especiais. A parte interessante da série é que, até agora, todos estão cientes de seu estado atual em seus novos corpos reencarnados, embora ainda guardem  memórias de suas vidas passadas. Na maioria das histórias de isekai, os personagens principais perdem sua memória, ou há apenas uma pessoa especial (geralmente o personagem principal) que se lembra do mundo de onde vieram. Em Então eu sou uma aranha, e daí? , no entanto, todos os personagens estão cientes de suas vidas passadas e presentes.

Este detalhe por si só terá um papel crítico na construção da história e abrirá o caminho para personagens que guardam rancor de outros personagens reencarnados de alto escalão, enquanto também estabelece uma certa hierarquia em poder e habilidades.

So I’m a Spider, So What? Pode ser uma viradade jogo no genero Isekai 2

Parece também que as reencarnações humanas com status de realeza acordaram muito antes da reencarnação da aranha e aceitaram seus papéis em seu novo mundo. Será interessante ver em que outros alunos reencarnaram e como a diferença nas espécies desenvolverá a história geral. Quanto à protagonista da aranha, ela foi deixada para explorar lentamente mais e mais o mundo enquanto desenvolve suas habilidades latentes.

Não está claro se o objetivo dos humanos reencarnados é retornar ao seu mundo natal. Existe a possibilidade de que seu mundo natal original tenha realmente sido destruído, ou talvez existam outras forças em ação tentando alcançar um mal maior. Apesar disso, a ideia de uma aranha salvando o universo parece cômica e, ao mesmo tempo, tece uma história interessante.

Acordar em outro corpo (ou mesmo espécie) não é novidade para o gênero isekai, e só o tempo dirá se a animação  Então sou uma aranha, e daí?  pode resistir a outros lançadores de peso , como seus concorrentes diretos nesta temporada de inverno:  That Time I Got Reincarnated as a Slime and Re: Zero. Mas a premissa, até agora, parece promissora.

Fonte Principal

5 1 voto
Gostou do Post?
- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários