Pokémon – 10 personagens dos jogos que não são nada parecidos com seus homólogos de anime

0
Pokémon - 10 personagens dos jogos que não são nada parecidos com seus homólogos de anime
Pokémon - 10 personagens dos jogos que não são nada parecidos com seus homólogos de anime

Pokémon – 10 personagens dos jogos que não são nada parecidos com seus homólogos de anime.

Não é segredo que o anime e os jogos Pokémon têm algumas diferenças significativas. Muitos fãs acham que o anime nem chega perto de capturar o charme dos jogos, especialmente nas temporadas posteriores. Muitos dos personagens populares encontrados em ambos os jogos e séries de quadrinhos mais maduros são muito alterados no anime, alguns tanto que nem mesmo contêm um vislumbre de sua personalidade original.

Isso é especialmente aparente na lista abaixo e em muitos outros personagens espalhados pela série. Isso provavelmente se deve ao fato de o anime seguir vagamente o enredo dos jogos, mas para aqueles que têm personagens favoritos, ver essas mudanças drásticas pode ser irritante na melhor das hipóteses.

10 – Jessie & James

Jesse e James estão por aí há tanto tempo quanto Ash Ketchum no anime. Nos jogos, porém, eles são apenas uma grande luta contra a Equipe Rocket. Os dois são realmente muito competentes nos jogos e não têm um Meowth falante.

No anime, como quase todo mundo sabe, eles são reduzidos a nada mais do que uma mordaça em execução e o que acaba se tornando uma batalha fácil para Ash e seu Pokémon.

9 – Protagonistas femininas

Desde a saga Hoenn, o anime é conhecido por tornar as protagonistas femininas dos jogos como parceira de Ash. Quer seja Dawn ou May, as garotas são retiradas de seu poderoso status de treinadoras e se sentem facilmente substituíveis no final de seu arco.

Isso é um pouco triste, pois alguns fãs adorariam vê-los assumir o lugar do eterno Ash Ketchum.

8 – Professor Oak

O professor Oak, no jogo, é um pesquisador sério com anos de experiência em seu currículo. Ele está interessado em usar jovens treinadores para aprender mais sobre os diferentes comportamentos de Pokémon.

No anime, entretanto, ele é ligado a um velho peculiar. Professor Oak é até uma fonte de comédia e estranhamente próximo da mãe de Ash.

7 – Rotom Dex

No jogo, Rotom mora dentro de sua Pokédex, mas fora de algumas interações fofas, ele não faz muito. No anime, Rotom tem personalidade própria e adora pregar peças ou irritar as pessoas ao seu redor.

Esta é uma grande mudança de algo que nem mesmo oferece ajuda na batalha dos jogos. Muitos fãs se incomodam com a personalidade de Rotom no anime e gostariam que ele ficasse quieto.

6 – Lillie

Lillie é mais conhecida por suas tentativas de impedir que Cosmog escape de sua bolsa nos jogos. No anime, porém, ela se torna uma personagem muito mais relevante que às vezes até parece ter sentimentos por Ash.

Isso é bem diferente da donzela em perigo como o personagem do jogo; o anime até mostra seu crescimento como treinadora, o que é revigorante, especialmente em comparação com outros arcos de personagens femininos no anime.

5- Sabrina

Sabrina tem uma reviravolta bastante estranha tanto nos jogos quanto nos quadrinhos, que muitos fãs amam. Em vez de ser apenas mais uma líder de academia, Sabrina é pervertida e tortura aqueles que perdem para ela, transformando-os em bonecas.

Ela também dividiu metade de sua personalidade e a prendeu dentro de uma boneca. É um pouco triste que o anime nunca tenha seguido um caminho tão sombrio com nenhum outro líder de academia, mas como o anime parece mais voltado para crianças, faz sentido.

4- Giovanni

Giovanni é visto como uma chamada de Skype que acaricia os persas durante a maior parte do anime. Nos jogos, porém, ele é muito mais ativo e geralmente no topo de seus ataques a Silp. Co. Ele não apenas se esconde enquanto espera que sua organização lhe traga Pokémon.

Giovanni é um personagem chato recorrente no anime, sem muita substância fora do primeiro filme.

3 – N

N é um dos personagens mais populares do jogo e quer um mundo onde o Pokémon possa ser gratuito. Muitos jogadores apoiaram sua causa e acabaram se apaixonando por seu desenvolvimento no jogo.

No anime, porém, ele estava atrasado e seus objetivos pareciam muito mais simples; ele também parecia fazer amizade com Ash.

2 – Misty

Misty, junto com Brock, mudaram fortemente para o show. No jogo, Misty é apenas a líder de uma academia do tipo Water e nunca faz nada fora dela. No anime, ela é tratada como um interesse amoroso esquecido por Ash e o segue por todos os lados nas primeiras temporadas.

Misty também tem uma personalidade incrivelmente séria e muitas vezes pode ser vista importunando seus companheiros de equipe. Comparada com o jogo, a personalidade parece surgir do nada.

1 – Guzma

Guzma é outra personalidade alterada pelo anime e parece muito mais séria nele. Nos jogos, o Team Skull é ridículo, e Guzma não é exatamente tão ameaçador quanto os líderes do Team Aqua ou Magma.

Em vez de apenas correr completamente com sua personalidade bondosa, parece que o anime queria transformá-lo em um personagem mais sério. Até o mostra crescendo e aprendendo a ser um treinador melhor mais tarde.

0 0 voto
Gostou do Post?
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários