Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Pode se dizer, que Kong é apenas mais um adversário nessa lista loga de inimigos.

0
- Advertisement -

Ele foi dissolvido no fundo do oceano, congelado em um iceberg, explodido em um vulcão, desintegrado em um derretimento atômico e morto por mísseis na ponte do Brooklyn, mas graças aos milhões de fãs que o amam, Godzilla nunca morrerá. A maior estrela do Japão retorna novamente em “Godzilla vs. Kong”, a última entrada da filmografia em constante expansão do Big G. Jogado contra seu rival cabeludo pela segunda vez na história, “Godzilla vs. Kong” é o quarto filme da popular saga MonsterVerse da Legendary Pictures, que foi lançada em 2014 com o elegante reboot de Gareth Edwards.

Como muitas franquias antigas, a série Godzilla passou por várias frases distintas desde sua introdução. A primeira frase, que abrange os 15 títulos lançados entre 1954 e 1975, é comumente conhecida pelos fãs como a era Showa. Esses filmes kaiju (kaiju é o termo japonês para monstro gigante) são marcados por sua mudança dramática no tom, do clássico original sombrio e assustador ao maravilhosamente ridículo “Godzilla vs. Hedorah”.

ÍNDICE

Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

A segunda fase costuma ser chamada de era Heisei e inclui os sete títulos lançados entre 1984 e 1995. Esses filmes de Godzilla apresentam um senso maior de continuidade narrativa e fazem perguntas filosóficas complexas sobre ciência e humanidade. A terceira fase é a era Millennium, que abrange os seis títulos lançados entre 1999 e 2004. A maioria desses filmes de Godzilla são histórias independentes, como uma série de antologia. Também houve uma série de reinicializações autônomas, japonesas e americanas, que colocaram seu próprio toque único no personagem.

Para ajudá-lo a programar a maratona de monstros definitiva, aqui está nossa classificação de filmes de Godzilla, listada do pior miserável ao melhor bestial. Viva o rei lagarto!

33 – A Vingança de Godzilla (All Monsters Attack) (1969)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

O atroz décimo filme da série se concentra em um menino intimidado que escapa de sua existência deprimente sonhando que ele e o filho idiota de Godzilla, Minilla, são companheiros de brincadeiras na Ilha dos Monstros. Embora dirigido pelo cineasta visionário Ishiro Honda, que dirigiu muitos dos melhores filmes de Godzilla, “All Monsters Attack” é amplamente considerado o pior dos piores, e por boas razões. Devido a problemas orçamentários, a maior parte da ação é composta de filmagens recicladas de filmes anteriores de Godzilla, e o material original parece ter sido filmado em um único fim de semana usando quaisquer fantasias de monstros antigos que estivessem disponíveis. Horrível em todos os sentidos, a versão americana acrescenta insulto à injúria ao dublar a infantil Minilla com uma voz masculina profunda que soa estranhamente como o Sr. Ed, o cavalo falante.

32 – Godzilla vs. Megalon (1973)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Irritado com o apetite aparentemente infinito da humanidade por testes nucleares subterrâneos (sério, esses testes já funcionaram bem para alguém?), Uma civilização subaquática conhecida como Seatopia envia um besouro eletrificado gigante chamado Megalon à superfície para parar todo o barulho. Naturalmente, Godzilla e seu novo amigo robótico Jet Jaguar defendem a humanidade jogando pedras de espuma no inseto enorme. Visualmente falando, este infeliz 13º filme da franquia é um caso monótono e sombrio, e apresenta algumas das lutas de monstros mais maçantes de toda a série. Grande parte da culpa pode ser colocada em Megalon, que emerge como um dos inimigos menos carismáticos da história de Godzilla.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Experimentos ultrassecretos de controle do clima em uma ilha tropical levaram à criação de enormes louva-a-deus, e apenas Godzilla e sua estúpida filha Minilla podem consertar as coisas novamente. Sem brilho em todos os aspectos, este oitavo filme amador foi dirigido por Jun Fukuda, o homem responsável por alguns dos mais tolos – e desleixados – filmes da franquia. Como uma versão kaiju de “O Grande Santini”, o filme retrata Godzilla como um pai insensível e abusivo para seu filho decepcionante, cuja fantasia de criatura lembra um Pillsbury Doughboy de aparência mofada.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Essa reinicialização americana notoriamente equivocada parece ter sido elaborada por cineastas com pouco apreço pelo que fez de Godzilla um dos maiores ícones do cinema em primeiro lugar. Em vez de um gigante gigantesco cuja marcha pesada sinaliza a aproximação inexorável da morte e da destruição, aqui temos um dinossauro com patas de galinha que passa a maior parte do filme fugindo de seus inimigos como um gato fugindo de um aspirador de pó. Considere o humor de chumbo do filme, o tempo de execução exagerado e a performance sem vida de Matthew Broderick, e é fácil ver por que este 23º filme de Godzilla é odiado pelos fãs hardcore de kaiju.

29 – Godzilla Contra Ataca (Godzilla Raids Again) (1955)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Notável apenas por apresentar o adversário canino de Godzilla, Anguirus, que viria a se tornar uma das bestas mais amadas da série, esta produção apressada é prejudicada por uma direção desajeitada, efeitos especiais esfarrapados e uma segunda metade interminavelmente lenta e sinuosa que dispensa com lutas de monstros em favor de um drama humano sem sentido.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

O primeiro filme da nova era Millennium da série, esta entrada em grande parte esquecível ignora todas as parcelas anteriores e funciona como uma sequência direta do filme original. Desta vez, Godzilla luta contra um OVNI que eventualmente se transforma em um vilão letárgico chamado Orga, cujas garras enormes e corpo desajeitado se parecem com o monstro Rancor de “O Retorno dos Jedi”. Embora os subenredos humanos da história sejam mais bem tratados do que o normal desta vez, “Godzilla 2000” contém apenas um punhado de cenas memoráveis, tornando-o um dos títulos mais puláveis ​​da franquia.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Quando Mothra acidentalmente expõe algumas células da pele de Godzilla à energia de um buraco negro, uma nova criatura bizarra apelidada de SpaceGodzilla nasce e rapidamente começa a aterrorizar a Terra. Embora a ideia de Godzilla lutando contra um doppelganger maligno esteja repleta de possibilidades, este 21º registro faz pouco para se distinguir e muitas vezes parece uma recapitulação de momentos familiares de filmes melhores. Reconhecidamente, SpaceGodzilla parece extremamente legal com enormes cristais brilhantes projetando-se de suas costas e ombros, mas seus poderes são frustrantemente aleatórios e o enredo do filme é um pouco confuso. Uma aparição do robótico Moguera, apresentado pela primeira vez no thriller de ficção científica de Toho, “The Mysterians”, pouco faz para elevar o material desgastado.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Quando cientistas militares criam um Mechagodzilla aprimorado usando os restos mortais do recentemente derrotado Mecha-Rei Ghidorah, eles pensam que finalmente encontraram uma maneira de matar Godzilla de uma vez por todas. Enquanto isso, em um possível aceno de cabeça para “Kramer vs. Kramer”, Godzilla e Rodan lutam pela custódia de um bebê Godzilla recém-descoberto. Embora energicamente dirigido por Takao Okawara, este 20º filme de Godzilla parece um pouco velho. Parte do problema é que, com tantos filmes excelentes de Mechagodzilla na série para escolher, este simplesmente não parece tão especial. Além do torso reforçado de Mechagodzilla, que o faz parecer um rato de academia aprimorado com esteróides, não há muita novidade aqui.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Com seu olho vermelho ciclópico, mãos em forma de jai alai metálicas, bico afiado e costas com nadadeiras dorsais, o gigante ciborgue alienígena chamado Gigan é um dos monstros mais impressionantes de Toho; e isso antes que suas pás do ventre secretas sejam reveladas em toda a sua glória sangrenta. Embora o enredo do filme não seja tão inventivo, isso não significa que não haja alguns prazeres genuínos aqui. Em particular, definir a batalha final em um parque de diversões com temática de monstros completo com um edifício em forma de Godzilla que dispara lasers de sua boca é um toque bem-vindo, assim como as grotescas baratas alienígenas que deram início à história absurda.

24 – Ebirah, Terror dos Abismos – Ebirah, Horror of the Deep (1966)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Quando um jovem e seus dois amigos naufragam em uma ilha remota enquanto procuram um irmão perdido, eles encontram terroristas, nativos escravizados e uma lagosta gigantesca chamada Ebirah. No processo de evitar a captura, eles acidentalmente acordam Godzilla, que aparentemente tirou uma soneca discoteca na ilha após os eventos de “Invasão do Astro-Monstro”. Menos preocupado com o cataclismo global e dominação mundial, esta entrada divertida na série Godzilla funciona bem como uma história independente. Embora Ebirah não tenha muitas habilidades únicas – além de ser um crustáceo do tamanho de um navio de guerra – as lutas de monstros são revigorantes e bem encenadas, e o cenário exuberante da ilha fornece uma mudança refrescante de cenário da destruição urbana sem fim que a franquia geralmente se concentra em.

23 – Godzilla: Tokyo SOS (2003)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Quando os minions de fadas em miniatura de Mothra informam ao governo japonês que Godzilla continuará a causar destruição no Japão, a menos que destrua Mechagodzilla, o teimoso primeiro-ministro do país ignora as terríveis advertências, iniciando uma batalha épica entre os três oponentes gigantes. Embora o enredo não ganhe nenhum prêmio de originalidade, o diretor Masaaki Tezuka captura algumas lutas de monstros impressionantes neste 27º filme da série. Os fãs de Mothra, em particular, encontrarão muito o que amar neste episódio, que frequentemente se refere ao filme independente da mariposa gigante de 1961. Até as larvas de Mothra que caem na seda têm a chance de brilhar prendendo Godzilla em um casulo impenetrável durante a batalha climática.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Apresentando uma performance intensa de Bryan Cranston e um novo design de criatura impressionante para o personagem-título, esta ousada reimaginação de Godzilla foi um sucesso do tamanho de um monstro para a Legendary Pictures. Infelizmente, Cranston mal consegue chegar ao primeiro ato do filme, e Godzilla tem ainda menos tempo na tela do que ele. O trabalho da câmera é excelente … quando você pode realmente vê-lo. Grande parte da segunda metade do filme é tão mal iluminada e obscurecida por fumaça e neblina que é honestamente difícil dizer o que está acontecendo durante o número escasso de lutas de monstros que temos. Nota para futuros cineastas kaiju: a série Godzilla não é “The Blair Witch Project”. O público precisa realmente ver a ação na tela para apreciá-la.

21 – Godzilla versus Mothra (Godzilla vs. Mothra) – Godzilla and Mothra: The Battle for Earth (1992)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Outro grande presente para os fãs de longa data de Mothra, esta 19ª entrada mostra a própria Terra declarando guerra à humanidade na forma de Battra, uma mariposa negra gigante que revelou ser a personificação física do instinto inerente do planeta para autoproteção. Repleto de imagens fantásticas e cenas de batalha emocionantes, o filme foi a primeira aparição de Mothra na tela em 25 anos, e o diretor Takao Okawara lhe deu um novo visual vibrante e alguns poderes recém-carregados. Embora Godzilla tenha menos tarefas aqui do que na maioria dos outros episódios, a adição de Battra, que atua como um gêmeo sombrio de Mothra, é um toque inspirado que compensa a relativa falta de agência de Godzilla no filme.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

O único filme de Godzilla a incorporar a viagem no tempo em sua história, esta entrada maravilhosamente estranha do dia 18 tem enredo suficiente para preencher meia dúzia de filmes. Em suma, os viajantes do tempo do futuro chegam ao presente com um aviso de que Godzilla causará um acidente nuclear apocalíptico em alguns anos, e a única maneira de evitá-lo é viajar de volta à Segunda Guerra Mundial e impedir que ele seja criado em primeiro lugar. Mas essa é apenas a ponta do iceberg narrativo nesta extravagância exagerada. Nenhuma das regras de viagem no tempo do filme faz qualquer sentido, mas isso não impede que essa mistura de monstros seja absurdamente divertida.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Uma das entradas mais subestimadas da era Millennium, esta parcela ignora todos os filmes anteriores de Godzilla e continua de onde o original de 1954 parou. Quando Godzilla emerge de seu sono de décadas, o Japão revela uma nova arma capaz de disparar buracos negros artificiais contra o monstro furioso. Mas durante um teste, a arma acidentalmente abre um buraco de minhoca dimensional e uma libélula gigante aparece apenas o tempo suficiente para depositar um ovo em nossa dimensão. Em pouco tempo, dezenas de insetos gigantescos e sua rainha ameaçadora atacam Godzilla como um enxame de gafanhotos irradiados. Apresentando um inimigo lindamente projetado em Megaguirus, sem mencionar um enredo que é surpreendentemente fácil de seguir para uma mudança, este 24º filme de Godzilla parece um retorno bem-vindo aos primeiros dias da série.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Não deve ser confundido com o similarmente intitulado “Godzilla vs. Mechagodzilla”, esta 27ª entrada joga como uma corrida de teste para “Pacific Rim” de Guillermo del Toro, com um robô pilotado por um humano lutando contra um monstro de carne e osso pelo controle do Terra. Como o piloto principal que opera o Mechagodzilla recém-projetado, a atriz Yumiko Shaku oferece uma performance que é poderosa o suficiente para fazer você desejar que ela aparecesse em mais filmes de Godzilla, ao invés de apenas uma participação especial em “Godzilla: Tokyo SOS” Os fãs de longa data de Toho irão apreciar o retornos de chamada para filmes kaiju clássicos do passado, como o original “Mothra” e “Guerra dos Gargantuas”, mas é o novo visual imponente de Mechagodzilla – especialmente aqueles canhões montados no ombro e estrutura de pescoço segmentada – que deixa a maior impressão.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Uma correção de curso muito necessária após a ação anêmica do primeiro filme MonsterVerse, este épico ocasionalmente deslumbrante apresenta algumas lutas de criaturas incríveis, incluindo uma batalha aérea sensacional entre Rodan e o Rei Ghidorah. Embora a maioria das cenas de monstro sejam mais uma vez irritantemente obscurecidas por tempestades torrenciais e ondas do mar ao nível do tufão, o filme é uma melhoria em relação à entrada anterior em quase todos os sentidos. Cada um dos monstros recém-desenhados recebe pelo menos um momento de exibição, tornando o filme um deleite para os discípulos de Godzilla de longa data.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

O primeiro filme da série a ser filmado em cores, esta terceira entrada basicamente incorpora a frase “tão ruim que é bom”. Libertado da tumba gelada em que estava preso no final do filme anterior, Godzilla surge pronto para enfrentar King Kong, que foi transportado para o Japão por uma empresa farmacêutica covarde. Uma adição espetacularmente maluca à história de Godzilla, este glorioso jogo de rancor entre dois dos monstros mais conhecidos do cinema é recheado com humor cafona e cenas de luta hilariantemente cafonas. Depois de uma nova transformação do diretor Ishiro Honda, a aparência de Godzilla aqui é realmente incrível. Kong, no entanto, não se sai tão bem. Na verdade, ele parece alguém que esculpiu o rosto de um macaco em purê de batata e o enfiou em um tapete felpudo imundo. Mas esse é apenas um dos muitos aspectos charmosos dessa parcela maluca.

15 – O Despertar dos Monstros (Destroy All Monsters) (1968)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Quando as mulheres alienígenas do planeta Kilaak libertam todos os kaiju da Terra de seus confins na Ilha dos Monstros, cabe às Nações Unidas intervir e recuperar o controle dos gigantes destrutivos. O equivalente cinematográfico de um evento all-star da WWE em pay-per-view, este monstro louco corpo a corpo puxa todos os obstáculos quando se trata de ação e emoção. Além de criaturas conhecidas como Godzilla, Rodan, Mothra e o Rei Ghidorah, o filme também inclui uma série de gigantes menos conhecidos, como o lagarto Gorosaurus, a serpente marinha deslizante Mandra e a aranha selvagem Kumonga. É um monstro sem barreiras, palooza!

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Muitas vezes referido simplesmente como “GMK”, esta homenagem cativante aos filmes clássicos de Godzilla do passado é um bom ponto de entrada para novos espectadores ou fãs que retornam e não acompanham a série há algum tempo. Dirigido por Shûsuke Kaneko, que brilhantemente reiniciou a moribunda série Gamera em 1995, o filme não hesita em mostrar aos telespectadores o doloroso custo humano das batalhas ininterruptas de monstros que atormentam a Terra por décadas. O melhor de tudo é que Godzilla é reinventado aqui como uma ameaça terrível pela primeira vez em anos. Com seus perturbadores olhos totalmente brancos e rosnado demoníaco, o Big G raramente pareceu mais assustador.

13 – A Guerra dos Monstros (Invasion of Astro-Monster) (1965)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Aqui está uma dica valiosa para você. Nunca, sob nenhuma circunstância, confie em uma raça de alienígenas usando óculos de sol do Planeta X quando eles chegarem à Terra pedindo para “emprestar” Godzilla e Rodan por um tempo. Uma das entradas temáticas de ficção científica mais loucas de todos os tempos da franquia, este sexto filme de Godzilla tem muito a oferecer, especialmente a presença bem-vinda do ator americano Nick Adams, interpretando um astronauta arrogante que mostra extraterrestres vestidos de peles que mandam . Adams conhecia bem os filmes de kaiju, tendo co-estrelado na foto do monstro gigante de Toho, “Frankenstein Conquers the World”, pouco antes de aparecer em “Invasion of Astro-Monster”.

12 – Godzilla Batalha Final – Godzilla: Final Wars (2004)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Essa entrada divisiva do 50º aniversário é reconhecidamente longa e recheada demais, mas é isso que a torna tão audaciosa. Com a tarefa de encerrar a era de ficção científica de Godzilla, Millennium, o diretor Ryûhei Kitamura joga tudo na tela em um esforço para impressionar o público e recompensar os fãs de kaiju de longa data. O resultado é um fio extremamente divertido que combina artes marciais no estilo Matrix com referências amorosas a filmes clássicos da franquia Godzilla. Monstros de segunda linha como Gigan, King Caesar e Ebirah recebem atualizações impressionantes, e o filme ganha pontos extras pela maneira como Godzilla despreocupadamente destrói seu primo americano, rebatizado aqui como Zilla.

11 – Ghidrah, O Monstro Tricéfalo (Ghidorah, the Three-Headed Monster) (1964)

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Combinando sem esforço ação séria e humor jovial, o esplêndido quinto filme da série fez mais do que apenas apresentar ao mundo o cintilante dragão de escamas douradas chamado Ghidorah. Na verdade, conseguiu transformar Godzilla de vilão em herói pela primeira vez. Combinando antigas profecias, conspirações políticas e besteiras cósmicas, o enredo bombástico do filme mal se sustenta, mas quem se importa quando há tanta magia na tela? Um excelente exemplo da era de ouro da produção cinematográfica kaiju, o personagem mais dinâmico do filme é, naturalmente, o magnífico adversário de três cabeças de Godzilla; um monstro miraculosamente projetado cujos estranhos sons vocais estridentes complementam agradavelmente o rugido icônico de seu oponente.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Quando um micróbio alienígena pega uma carona em um meteoro e cai para a Terra, ele desenvolve um gosto pela poluição e rapidamente se torna um enorme monstro de lama tóxica chamado Hedorah. Godzilla, agora um defensor de pleno direito da humanidade, salta em defesa da humanidade e luta contra a pilha de lixo, cujo cheiro sozinho pode matar pessoas. Muitos fãs podem se perguntar como este 11º filme indescritivelmente estranho da franquia conseguiu uma classificação tão alta nesta lista. Bem, a resposta é simples: não há literalmente nenhum outro filme de Godzilla como esta curiosidade surreal. Com total controle criativo, o diretor estreante Yoshimatsu Banno cria um filme de terror ecológico trippy, assustador e totalmente descolado que é parte conto de advertência, parte filme infantil insano. Embora Hedorah ocasionalmente se pareça com uma pilha de roupa suja de 60 metros, há algo inegavelmente atraente em seu design nojento. Um verdadeiro clássico do acampamento.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Após uma ausência de nove anos da tela grande, Godzilla voltou aos cinemas novamente com esta reinicialização triunfante que combina um cenário de filme de desastre com um épico kaiju clássico. Apresentando efeitos especiais impressionantes e valores de produção maravilhosos que o fazem parecer um grande filme de estúdio de Hollywood, a primeira entrada na era Heisei de Godzilla é mais fundamentada do que a maioria dos filmes de monstros gigantes, o que funciona a seu favor. O novo visual de Godzilla de tirar o fôlego, especialmente sua cabeça redesenhada, preparou o terreno para todas as futuras parcelas de Heisei que se seguiram.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Cinco anos após a ação realista de “O Retorno de Godzilla”, Toho deu sequência ao filme mais onírico da história da franquia. O enredo fascinante do filme envolve um cientista genético angustiado que cria uma mutação monstruosa ao combinar as células de sua filha falecida com o DNA da planta e alguns cromossomos de Godzilla. O resultado horrível parece algo que David Cronenberg poderia ter inventado se ele tivesse sido escalado para dirigir uma foto de kaiju. Esta entrada extremamente original da série faz perguntas filosóficas complexas sobre identidade e ética médica. Na verdade, você poderia remover Godzilla inteiramente da trama e ainda assim seria um filme de ficção científica memorável. Claro, isso não quer dizer que não haja muito caos monstro-em-monstro em exibição.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Perdendo em popularidade apenas para o próprio Godzilla, Mechagodzilla foi apresentado ao público neste conto extremamente imaginativo, a penúltima entrada da era Showa original. O gigante robótico recebe a melhor entrada de todos os tempos da série, enquanto sua cobertura externa escamosa se dissolve para revelar uma estrutura metálica brilhante escondida embaixo dela. Ocasionalmente lembrando uma paródia de James Bond dos anos 70, o filme está repleto de tudo, desde novos monstros – como uma criatura adoravelmente felpuda de leão chamada Rei César – a visões psíquicas e invasores alienígenas com cara de macaco. Mas é Mechagodzilla que surge como o verdadeiro MVP do filme. Como um mamute Inspector Gadget, este titã cor de estanho está equipado com mísseis de dedo, olhos de feixe de laser, pés movidos a foguete e uma cabeça giratória que gera um campo de força impenetrável.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

O autor de Kaiju, Ishiro Honda, comandou esta sequência corajosa do lúdico “Godzilla vs. Mechagodzilla” do diretor Jun Fukuda, e assistir os dois filmes consecutivos prova o quanto a visão de um artista pode ser diferente da de outro, mesmo quando seu trabalho parece notavelmente semelhante em a superfície. Contendo muitos dos mesmos elementos visuais do filme de Fukuda, a tendência da Honda de transformar a ação da ficção científica em uma metáfora do mundo real está em plena exibição aqui. O drama humano apresentado em “Terror of Mechagodzilla” é sombrio e instigante, e preparou o terreno para entradas complexas como “Godzilla vs. Biollante” que teríamos no futuro.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Restaurando um sentimento de admiração infantil à franquia, a excepcional quarta entrada da saga MonsterVerse é como um bufê de kaiju repleto de homenagens a tudo, desde os romances polpudos de Edgar Rice Burroughs até o clássico de 1967 da Toho Studios, “King Kong Escapes”. Em um tom mais leve do que os três filmes anteriores deste ciclo, a história mostra a organização monarca secreta tentando desesperadamente determinar por que Godzilla voltou aos seus velhos hábitos destrutivos. Viajando de um continente colorido para o próximo, os vários subenredos mantêm a ação em um ritmo frenético, e as cenas de combate de cair o queixo entre o enorme e imóvel Godzilla e o ágil e gracioso Kong são algumas das maiores lutas de monstros já vistas filme. Uma maravilha visual que recompensará as visualizações repetidas, “Godzilla vs.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Altamente polêmico e profundamente perturbador, este filme de monstro único reimagina brilhantemente Godzilla como uma força aterrorizante de caos e terror, e o retrata de maneiras que não foram vistas antes e provavelmente não serão vistas novamente. Os fãs ficaram divididos sobre se o filme foi um trabalho visionário de um gênio ou um truque insultuoso que mal se qualifica como um verdadeiro filme de Godzilla. Embora continue sendo altamente divisivo, se você estiver disposto a ir com ele, este filme temível o levará a lugares no universo Godzilla que você nunca esteve antes. A história é uma reinicialização completa, ignorando até mesmo o filme original de 1954, e corre sérios riscos ao ecoar o trágico tsunami que atingiu o Japão em 2011. Ele pergunta como seria a sociedade se Godzilla realmente existisse, e as respostas que fornece não são reconfortante. Resumidamente,

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Uma fantasia de cor doce contendo muitas das imagens mais inesquecíveis da longa história de Godzilla, “Mothra vs. Godzilla” existe em uma classe por si só. Curiosamente, este quarto filme da franquia kaiju lembra “Goldfinger”, o terceiro blockbuster de James Bond, que também foi lançado em 1964. Afinal, os dois filmes melhoraram a fórmula de seus antecessores e estabeleceram o modelo para todas as entradas futuras em as séries. Tudo funciona perfeitamente, desde a trilha sonora devastadora do compositor Akira Ifukube aos efeitos inovadores de Eiji Tsuburaya, ao enredo provocativo e às excelentes atuações principais. E amarrar tudo junto é a direção insuperável de Ishiro Honda.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

É impossível decidir o que é mais memorável neste último filme da era Heisei. É a nova aparência estonteante do Godzilla, “Burning Godzilla”? Seriam os muitos retornos de chamada inteligentes e referências ao filme original de 1954? Ou talvez seja o design horrível de Destoroyah, um dos oponentes mais assustadores de todos os tempos do Big G? Ou talvez seja o fato de que Godzilla Jr. finalmente surge como um personagem decente? A verdade é que são todas essas coisas e muito mais. Mas o que torna este épico existencial verdadeiramente digno de um status clássico é seu final profundamente emocional. Pela primeira vez na história, você se verá soluçando em um filme de Godzilla enquanto os créditos finais rolam. Compassivamente dirigido por Takao Okawara, “Godzilla vs. Destoroyah” eleva o gênero kaiju ao nível da tragédia grega.

Foto : Cortesia da Coleção Everett - Todos os filmes do Godzilla Ranqueados
Foto : Cortesia da Coleção Everett – Todos os filmes do Godzilla Ranqueados

Se Godzilla é de fato o rei dos monstros, então a obra-prima elegíaca do diretor Ishiro Honda é o rei dos filmes de monstros. Como um conto de fadas sombrio rodado em estilo vérité por uma equipe de documentário, esta metáfora inquietante para os horrores infligidos a Hiroshima continua a ressoar em todo o mundo mais de seis décadas após seu lançamento. Renderizado em preto e branco austero e repleto de atuações emocionantes de atores lendários como Takashi Shimura e Akihiko Hirata, “Godzilla” é uma obra de arte sombria e austera que permanece isolada nos anais do cinema.

Fonte Principal

5 1 voto
Gostou do Post?
- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários