RUMOR: NINTENDO ADICIONOU SUPORTE PARA VRR E ATÉ 240 FPS NO MECANISMO DE JOGO INTERNO

Com o potencial de um novo console Nintendo no horizonte, os jogadores estão caçando segredos onde quer que possam encontrá-los. O último lote de novidades vem do dataminer OatmealDome , que descobriu algumas informações intrigantes ao analisar o recém-lançado Endless Ocean Luminous.

Endless Ocean Luminous foi criado usando o mecanismo de jogo interno da Nintendo conhecido como Bezel. De acordo com OatmealDome, houve alguns ajustes feitos no Bezel que ficam evidentes ao examinar o código-fonte do jogo. Parece que a versão mais recente do motor agora permite que os jogos produzam até 240 quadros por segundo, o que está muito longe do máximo anterior de 60fps no Switch. Aparentemente, essa mudança está associada à capacidade de executar um jogo com taxa de atualização variável, uma técnica de exibição que permite que jogos com taxas de quadros variadas sejam executados com mais suavidade.

Embora OatmealDome tenha encontrado evidências dessas mudanças no código do motor, isso não significa que algum jogo esteja tirando vantagem delas. Isso pode ser uma evidência de recursos chegando a um futuro sucessor do Switch, ou pode simplesmente ser vestígios de desenvolvedores da Nintendo brincando. De qualquer forma, é interessante ter uma ideia do que pode estar acontecendo com a tecnologia da Nintendo que não temos conhecimento. Fique ligado para ver se algo significativo resulta dessa descoberta.

 

Fonte: NintendoSoup

Deixe seu comentário