PS5 não receberá jogos exclusivos de grandes franquias até 2025; entenda

A Sony confirmou que o PlayStation 5 não terá “títulos de grandes franquias já existentes” lançados ao longo de 2025. Isso significa que não veremos lançamentos exclusivos de nomes consolidados da empresa e que costumam impulsionar as vendas de consoles, como God of War, The Last of Us e Spider-Man.A informação foi compartilhada pela própria companhia japonesa durante a divulgação do seu relatório fiscal para o último trimestre de 2023. Segundo o executivo, o plano da empresa agora é focar em jogos como serviço, como o recém-lançado Helldivers 2, disponível no PS5 e PC.

“Sobre softwares feitos internamente, continuamos a focar em produzir trabalhos de alta qualidade e desenvolver jogos no formato live service”, citou o presidente interino da Sony Group, Hiroki Totoki. Especificamente, ele comentou que jogos do peso de franquias como God of War e Marvel’s Spider-Man não serão lançados ao menos até abril de 2025.

O PS5 ficará sem exclusivos em 2024?

Apesar da ausência de lançamentos de séries consolidadas do PlayStation, a empresa ainda contará com jogos exclusivos em 2024 por meio de parcerias. Final Fantasy VII Rebirth, por exemplo, será lançado agora em fevereiro somente no PS5.

PlayStation

Além disso, outros títulos já foram anunciados para 2024 com lançamento somente no PS5, pelo menos inicialmente. Stellar Blade chegará ao console como exclusivo em abril, enquanto Rise of the Ronin estará disponível em março.

Ainda em 2024, a Konami também lançará Silent Hill 2, que chega primeiro ao PS5 no mercado de consoles. Inclusive, a franquia de terror ganhou um jogo grátis, de curta duração, que está disponível somente no PlayStation 5 atualmente.

Sony espera queda na receita do PS5

No levantamento, a Sony não só revelou essa informação sobre o atraso na entrega de jogos exclusivos. A companhia também já prevê algumas consequências negativas dessa folga no calendário de lançamentos.

De acordo com a marca, a venda de consoles deve cair no próximo ano fiscal e impactar na receita gerada pela divisão PlayStation. A expectativa de vender 25 milhões de PS5 no ano fiscal — que termina em 31 de março de 2024 — foi reduzida para 21 milhões.

O PlayStation 5.

Segundo as contas da própria marca, o console precisa ter mais 4,6 milhões de aparelhos comercializados até a data limite para bater a nova meta estabelecida. Já a receita do segmento de Games & Serviços de rede teve a expectativa reduzida em 5%, já que esse número é impactado diretamente por menos consoles sendo comprados.

Curiosamente, Totoki comentou ainda que a companhia já encara a atual geração como estando já na metade final da vida. Até por isso, agora a empresa “foca em otimizar vendas com uma maior ênfase em gerenciamento com lucros” e já encarando um declínio nas vendas do console como um todo.

Spider-Man 2 foi o destaque em games no final de 2023.

Os números da Sony no final de 2023

No último trimestre do ano fiscal de 2023, a Sony declarou ter batido um novo recorde em receita na divisão de games.

A receita de serviços, que inclui a plataforma PlayStation Plus, também bateu recorde de renda e usuários ativos mensais — foram registrados 123 milhões de assinantes, 11% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

Além disso, ao todo, o PlayStation 5 chegou às 54,7 milhões de unidades comercializadas, algo impulsionado pela chegada do modelo Slim. Em termos de jogos, Marvel’s Spider-Man 2 foi tido como o destaque do final de 2023: a aventura do herói já chegou a 10 milhões de unidades vendidas.


Fonte 

Deixe seu comentário