PlayStation: metade dos jogadores da plataforma ainda não compraram um PS5

Lançado em novembro de 2020, o PlayStation 5 está prestes a completar quatro anos de mercado — mas isso não significa que todos os jogadores de PlayStation em contexto geral possuem um console de nova geração.

Na última terça-feira (14), a Sony revelou que o PlayStation 5 vendeu 59,3 milhões de unidades desde a sua estreia. Isso significa que o console de nova geração está praticamente alinhado com o PS4 durante o mesmo período de vida útil — que também teve 60 milhões de unidades vendidas. Além disso, a gigante japonesa confirmou que o ecossistema PlayStation tem 118 milhões de usuários ativos mensais.

No entanto, conforme observado pelo jornalista Stephen Totilo, em uma publicação no X (antigo Twitter), a relação entre os quase 60 milhões de PS5 vendidos com os 118 milhões de usuários ativos mensais no ecossistema da PlayStation sugere que metade dos jogadores da plataforma ainda jogam no PS4.

Jornalista Stephen Totilo publicou uma relação que sugere que metade dos jogadores do ecossistema PlayStation ainda estão jogando no PS4.

“No início desta semana, a Sony ganhou as manchetes do PS5, atingindo 59 milhões de unidades vendidas. Bom número”, disse o jornalista na rede social. “A Sony diz que o PS5 está na segunda metade de seu ciclo de vida e que o PlayStation tem 118 milhões de usuários ativos mensais. Portanto, metade continua no PS4. METADE dos jogadores de PlayStation não estão na geração atual”.

Vendas do PS5 caíram em relação ao ano anterior

Durante o relatório fiscal da semana passada, a Sony também revelou que o número de vendas do PlayStation 5 caiu 29% em relação ao ano anterior. Ao todo, foram vendidos um total de 20,8 milhões de unidades no ano fiscal de 2023 — período referente a abril de 2023 e março de 2024.

Sony já vendeu quase 60 milhões de unidades do PS5 desde o lançamento do console em novembro de 2020.

O número está ligeiramente abaixo das estimativas da gigante japonesa, que pretendia vender 21 milhões de unidades. Agora, a previsão para o atual ano fiscal de 2024, que termina em março de 2025, é vender 18 milhões de aparelhos.


Fonte 

Deixe seu comentário