PlayStation comenta sobre Microsoft comprando Activision Blizzard

0
PlayStation comenta sobre Microsoft comprando Activision Blizzard
PlayStation comenta sobre Microsoft comprando Activision Blizzard
- Advertisement -
A Sony comentou pela primeira vez a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft, acordo anunciado nesta terça-feira (18). A compra foi de cerca de US$ 70 bilhões e se tornou o maior negócio da história da empresa. 

Em resumo, a declaração é um pedido da companhia japonesa para que os games da Activision, que abriga franquias bastante populares no PlayStation, não se tornem exclusivas de PC e plataformas Xbox com o tempo.

“Nós esperamos que a Microsoft respeite acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision continuem multiplataforma”, disse um porta-voz da empresa ao The Wall Street Journal.

Futuro indefinido

Entre as franquias da empresa estão séries de sucesso como Call of Duty, que bateu recordes de vendas por quase um ano no PlayStation e inclui bundles e conteúdos exclusivos de suas plataformas.

É possível que um contrato não especificado tenha sido assinado antes da compra da Activision Blizzard. No entanto, ainda não está claro quanto tempo o acordo durará e o que exatamente seu conteúdo incluirá.

A situação parece semelhante ao que aconteceu com a Bethesda, adquirida pela Microsoft em 2020: os contratos de pré-compra existentes fazem com que o jogo Deathloop tenha uma exclusividade temporária mantida no PS5 – o mesmo vale para GhostWire: Tokyo. Por enquanto, títulos exclusivos são lançados apenas no ecossistema Xbox, e nem todos os lançamentos chegarão às plataformas rivais.

No dia da aquisição, a Activision Blizzard garantiu que continuaria a produzir jogos para o PlayStation, embora por enquanto o conteúdo exclusivo seria para o Xbox.

0 0 votos
Gostou do Post?
- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários