People’s Choice 2024: ‘Rachel Zegler’ Vence Tom Cruise e Keanu Reeves Premiado com ‘Estrela de Cinema de Ação do Ano’

Resumo:

  • Rachel Zegler recebeu o prêmio de Estrela de Cinema de Ação do Ano no People’s Choice Awards por sua atuação como Lucy Gray Baird em “Jogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes”.
  • A escolha de Zegler para o prêmio foi surpreendente para muitos, especialmente considerando os concorrentes que incluíam Tom Cruise e Keanu Reeves em filmes de ação de grande sucesso.
  • A votação no People’s Choice Awards é baseada no público que vota online, e Zegler pode ter se beneficiado do apoio de uma base de fãs dedicada, especialmente entre mulheres jovens.
  • A vitória de Zegler levantou questões sobre a legitimidade e os critérios de seleção do prêmio, com alguns sugerindo que foi influenciada por uma escolha puramente identitária.

Num exemplo claro do por que a opinião do ‘público em geral’ não tem nenhum peso ao que diz respeito aos esforços criativos como nos cinemas, mais uma vez temos ‘Rachel Zegler’ recebendo um prêmio de ‘Estrela de Cinema de Ação do Ano’. Claro que esse prêmio deveria ser para os atores que se destacaram em cenas de acão.

Mas será que realmente alguém assistiu ‘Jogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’ com ‘Rachel Zegler’?

Se assistiram irão perceber que é um filme muito mal interpretado, eu mesmo prefiro a primeira atriz da série jogos vorazes ‘Jennifer Lawrence’ até porque já tinha me apegado a sua forma de interpretar e com o ritmo do filme com ela.

Jennifer Lawrence - 'Jogos Vorazes'

Jennifer Lawrence – ‘Jogos Vorazes’

Mas agora eu quero entender como o evento ‘People’s Choice Awards’ que teve como participantes na categoria ‘Estrela de Cinema de Ação do Ano’ nada menos do que ‘Missão: Impossível – Acerto De Contas Parte Um’ com Tom Cruise e ‘John Wick 4’ com Keanu Reeves sendo que esses 2 filmes tem sua premissa inteira focado na ação, perde para Rachel Zegler com ‘Jogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’?

 

Lucy (Rachel Zegler) é a única sobrevivente dos 10ºJogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes, Lionsgate Films

Lucy (Rachel Zegler) é a única sobrevivente dos 10ºJogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes, Lionsgate Films

 

Conforme anunciado em 18 de fevereiro durante a 49ª edição do show anual de premiação de fãs, a atuação de Zegler como Lucy Gray Baird no filme prequela de Jogos Vorazes levou o público a homenageá-la com o prêmio mencionado acima, não apenas sobre Cruise e Reeves, mas também sobre Viola Davis (por The Hunger Games: The Ballad of Songbirds & Snakes ), Gal Gadot (para Heart of Stone ), Brie Larson (para The Marvels ), Jason Momoa (para Aquaman and the Lost Kingdom ), Chris Pratt (para Guardians of the Galaxy Vol. 3 ).

“Obrigado”, disse Zegler para iniciar seu discurso de aceitação. “Eu amo filmes, adoro fazê-los, e sou um fã de filmes, e estou cercado por fãs de cinema esta noite, e por fãs de cinema que votaram, e sou muito grato a todos que já compraram um ingresso e assistiram algo que tantas pessoas fizeram. Por tanto tempo neste negócio, achei que não me encaixava, mas esta noite, você me fez sentir que não preciso mudar para ser escolhido, e eu aprecio muito você. Obrigado.”

“Dito isto, muitas pessoas fizeram este filme”, acrescentou ela. “Só quero agradecer a Francis Lawrence, nosso diretor. Nina Jacobson, nossa produtora. Meu operador de câmera A, Dave Thompson, porque tudo o que eu fazia de salto alto, ele dava alguns passos atrás de mim preso a uma câmera gigante. Quero agradecer ao Tom Blythe, que é o melhor parceiro de cena. Quero agradecer a Josh Rivera, que é o melhor parceiro de vida, e à minha mãe, ao meu pai, à minha irmã e a Suzanne Collins por escreverem este personagem. Muito obrigado.”

Embora a vitória de Zegler seja tão surpreendente quanto assustadora, nunca é demais enfatizar que o People’s Choice Awards foi decidido com base não em quaisquer conquistas técnicas reais, mas sim nos caprichos do público que realmente se importou o suficiente para votar online. Pelo menos é o que People’s Choice Awards disse.

Lucy (Rachel Zegler) recupera o fôlego após o bombardeio da arena pela Primeira Revolta em A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes' com 'Rachel Zegler (2023), Lionsgate Films

Lucy (Rachel Zegler) recupera o fôlego após o bombardeio da arena pela Primeira Revolta em A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’ com ‘Rachel Zegler (2023), Lionsgate Films

É fácil ver como uma atriz cuja base de fãs é composta principalmente por mulheres jovens, em boa quantidade, sendo que a maioria, das quais provavelmente sabem como usar a internet e claro sabem como fazer campanhas online em prol da sua atriz favorita e claro votar, e assim poderia vencer.

Mas qualquer tipo de prêmio relacionado à ação com homens que se jogam de escadas, pulam de prédios pegando fogo, arriscam sua vida saltando de moto de uma montanha abismal sem dublês vivenciando cenas perigosas de ações incríveis. Assim como as que acontecem nós filmes ‘John Wick 4’ com Keanu Reeves ‘Missão: Impossível – Acerto De Contas Parte Um’ com Tom Cruise provavelmente jamais conseguiram vencer um prêmio de melhor ‘Estrela de Cinema de Ação do Ano’.

Afinal o merito é provavelmente a sua Fã Base online e não o critério de qualidade.

 

No entanto, independentemente do formato de votação pelo qual ela foi reconhecida, nada muda o fato de que, como observado acima, a vitória de Zegler é um exemplo claro de por que empreendimentos criativos, sejam eles filmes, programas de televisão ou videogames, teriam melhor desempenho. Evitando escolhas com base dos caprichos do “público mainstream” – particularmente aqueles cujas atenções estão voltadas para franquias em vez de uma apreciação do próprio meio.

Mas claro se realmente a votação foi feita dessa maneira, pois existem controvérsias sobre a votação que teria sido uma escolha puramente identitária e que teria sido atribuída por fãs votantes, mas a verdade é que não sabemos os criterios da votação ou a apuração do voto.

Então confiamos na legitimidade dos Organizadores do Prêmio.

Como pode ser visto em filmes como The Marvels e The Flash, quando decisões criativas são tomadas com base em fãs tão vocais em mente, na maioria das vezes elas acabam se mostrando desanimadoras para a maioria do público regular que deseja que seus filmes tenham mais substância. do que o tilintar da chave IP, seja na forma de participações especiais desnecessárias ou piscadelas para o público.

Em vez disso, são aqueles filmes que tratam o assunto, o meio de escolha e o público com respeito que acabam se revelando não apenas sucessos financeiros, mas também culturais, como evidenciado pela franquia John Wick .

No momento em que escrevo, a próxima aparição de grande orçamento de Zegler em Hollywood será em Branca de Neve da Disney.

Fonte: Boundingintocomics 

 

Deixe seu comentário