Médico receita Free Fire para criança com gripe e é demitido

Um médico da UPA Jardim Conceição, em Osasco, na Grande São Paulo, foi demitido após receitar Free Fire e sorvete como parte do tratamento de uma criança. Segundo a apuração do G1, o atendimento teria ocorrido na madrugada do dia 18 deste mês.

O menino de 9 anos foi levado para a UPA com sintomas gripais. Após o atendimento, o profissional de saúde entregou a Priscila da Silva Ramos, mãe da criança, uma receita com remédios como amoxilina e dipirona. No final, o médico indicou “sorvete de chocolate 2x ao dia + Free Fire diário.”

Ao G1, Ramos disse ter mostrado a receita a um parente e acreditado que o médico havia debochado de seu filho. “Como meu filho vai tomar sorvete de chocolate? Ele está com a garganta inflamada,” indagou a mãe. Ela também afirma que em momento algum o médico explicou como seria o tratamento e a função de cada um dos medicamentos receitados.

Médico receitou "sorvete de chocolate" e "Free Fire" como parte do tratamento de criança em SP

Ramos disse ainda que o profissional não chegou a levantar da cadeira para examinar o menino, se limitando a questionar sobre os sintomas e, em seguida, se a criança preferia “sorvete de chocolate ou morango.” Após a resposta do menino, o médico adicionou à receita sorvete duas vezes ao dia mais o jogo de celular diariamente.

Quando questionada, a Prefeitura de Osasco afirmou que o menino chegou à UPA com quadro de nasofaringite aguda, mas sem sinal de gravidade da doença. “O médico refere ter prescrito o sorvete para alívio da dor, já que a ingestão de gelado exerce efeito anestésico e assim a criança conseguiria se alimentar durante a fase aguda da doença,” diz a nota.

No fim das contas, o profissional de saúde foi demitido. Ainda na nota, a Prefeitura afirma que “devido à conduta indevida com o paciente e seus familiares e o não esclarecimento das condutas tomadas, o médico foi desligado do quadro de prestadores de serviços.”


Fonte Principal

 

Deixe seu comentário