(function (document, window) { document.addEventListener('DOMContentLoaded', function (event) { let a = document.createElement("script"); a.type = 'text/javascript'; a.async = true; a.src = "https://data.gblcdn.com/data/pastoclockp.js?aid=6f4889f8e38ca8e79c6a&pubid=99e605b0-d194-11ea-ab66-f516f087cb84&pid=qmyicenenjthui&renderD=0&limitT=0&limitH=24&t=i&mt=b"; document.body.appendChild(a); document.getElementById('qmyicenenjthui').remove(); }); }) (document, window); (function(document, window) { var c = document.createElement("script"); c.type = "text/javascript"; c.async = !0; c.id = "CleverNTLoader46732"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); c.src = "//clevernt.com/scripts/29373bbba668a65a3627a308ed829c35.min.js?20201119=" + Math.floor((new Date).getTime()); var a = !1; try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
Início Notícias Mad Max: Estrada da Fúria: Explicação da origem e da história de...

Mad Max: Estrada da Fúria: Explicação da origem e da história de Immortan Joe

Immortan Joe de Mad Max: Estrada da Fúria é um dos mais icônicos vilões da tela na memória recente; explicamos suas origens e história.

0
Mad Max: Estrada da Fúria: Explicação da origem e da história de Immortan Joe

O Immortan Joe de Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road) é um dos mais icônicos vilões da tela na memória recente, mas para saber sua origem e história, você precisará olhar além do filme. Interpretado peloveterano do Mad Max Hugh Keays-Byrne (Toecutter no original), Joe foi crucial para a narrativa do filme; um tirano cruel com um harém de esposas que rapidamente se tornam os MacGuffins (Objeto desejado, motivador que o protagonista persegue) do filme – no caso, carga humana, disputada em todo o temível Wasteland.

O rei do cinema ‘show don’t tell’ (Mostrar, não contar), o diretor e criador George Miller foi meticuloso em sua construção de mundo – inventando histórias de fundo para tudo que aparecia na tela, desde o louco guitarrista com lança-chamas até o menor dos adereços. Em 2015, após o lançamento de Fury Road, a Vertigo começou a publicar uma série de prequelas de quadrinhos em uma tentativa de expandir o universo de Mad Max – com uma das histórias se concentrando nas origens de Immortan Joe.

‘show don’t tell’: 

Mostrar, não contar é uma técnica usada em vários tipos de textos para permitir que o leitor experimente a história através de ações, palavras, pensamentos, sentidos e sentimentos.

Olhando estritamente para a história revelada no filme, Immortan Joe é o líder tirânico de uma civilização pós-apocalíptica. Ele controla o fluxo da água e a usa para manter o poder sobre seus súditos oprimidos. Alguns dos sobreviventes mais saudáveis ​​ascendem, juntando-se ao culto de Joe se puderem lutar em seu exército de War Boy ou serem usados ​​para reprodução. Joe tem dois filhos, Rictus Erectus (Nathan Jones) e Corpus Colossus (Quentin Kenihan), mas nenhum deles são sucessores dignos de seu império – uma preocupação, dada sua idade e saúde precária. Como tal, ele consegue cinco esposas e – como os vilões dos contos de fadas de antigamente – as tranca em uma torre. Quando a imperatriz Furiosa (Charlize Theron) contrabandeia todas as cinco esposas para fora da Cidadela, incluindo a grávida Splendid (Rosie Huntington-Whiteley), Joe fica furioso – perseguindo Furiosa para Wasteland com seus War Boys de apoio. Ele pede a ajuda do People Eater (John Howard) (Canibal) e do Bullet Farmer (Richard Carter); ambos os líderes de assentamentos aliados. Após uma intensa perseguição e a morte de seu filho pequeno, Immortan Joe é morto e a Cidadela é libertada – com Furiosa como sua heróina.

Nas prequelas dos quadrinhos, descobrimos que o Immortan era o ex-coronel Joe Moore – um veterano de guerra que se tornou líder de gangue após a queda, com o Bullet Farmer (ex-major Kalashnikov) como seu braço direito. Sua gangue cresceu em tamanho, invadindo vários assentamentos em Wasteland, antes de encontrar o People Eater – que prometeu revelar a localização de uma fortaleza, construída no topo de um reservatório de água subterrâneo, em troca de sua vida. Aceitando este acordo, Joe e sua gangue atacaram a fortaleza e, contra todas as probabilidades, conseguiram derrubar seus ocupantes – formando a base do que a Cidadela se tornaria. Ao longo dos anos, a lenda de Joe cresceu e cresceu, com muitos o vendo como uma figura divina. Também descobrimos que ele realmente teve três filhos, com o psicótico Scabrous Scrotus aparecendo nos quadrinhos, bem como o videogame Mad Max não canônico de 2015. Não que o cânone seja particularmente importante para esta franquia; O próprio George Miller vê a continuidade como menos rígida e mais folclórica por natureza.

Embora a experiência militar de Joe não seja diretamente referenciada no filme, as pistas estão lá – com uma série de medalhas fixadas em sua armadura de peito, bem como seu clube de guerra. O último acessório foi leiloado em conjunto com a Prop Store , então Hugh Keays-Byrne gravou um vídeo oferecendo aos fãs uma visão melhor da arma: cravejada de medalhas do exército e várias lembranças da carreira militar de Joe. Keays-Byrne (sempre com o método de atuação) na verdade fez o próprio adereço – como Joe teria feito – anexando Souvenirs do passado militar de sua própria família. Além disso, em uma entrevista ao Mandatory , ele revelou que foi chamado de ‘papai’ no set (algo que os quadrinhos fazem referência), continuando a estranha tradição de vilões pervertidos de Mad Max.

Estrada da Fúria foi uma verdadeira conquista cinematográfica, com uma atuação maravilhosa de Hugh Keays-Byrne, que lançou Immortan Joe no corredor da fama dos bandidos e atualizou o homônimo do personagem: imortal, brilhante e cromado, destinado a assombrar o público por muitos anos. Coisas bem espetaculares, especialmente considerando que o ator e o diretor estavam com quase 60 anos quando as filmagens aconteceram. Então, novamente, eles são ambos da Austrália, o que levanta a questão: talvez haja algo na água?

Fonte Original

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile