Godzilla Minus One se torna o 3º filme estrangeiro mais rentável da história nos EUA

Godzilla Minus One atingiu um marco histórico de bilheteria neste fim de semana nos EUA. O novo filme da produtora Toho sobre o monstro gigante alcançou US$ 55 milhões e se tornou o terceiro filme de língua não-inglesa mais rentável de todos os tempos no país, ultrapassando Parasita (US$ 53,3 milhões), de 2020.

Godzilla Minus One também está se aproximando de outro marco; com US$ 2,2 milhões adicionais, vai superar A Vida é Bela, que arrecadou US$ 57,2 milhões em 1997, e ficará em segundo lugar como o longa estrangeiro mais rentável da história dos EUA. Em primeiro lugar, segue O Tigre e o Dragão (2000), com US$ 128 milhões.

Mundialmente, Godzilla Minus One já ultrapassou US$ 100 milhões.

Sucesso nas bilheterias de todo o mundo e indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Visuais, Godzilla: Minus One se passa no Japão após a Segunda Guerra Mundial e mostra Godzilla atacando a nação enquanto eles tentam se recuperar.

Escrito e dirigido por Takashi Yamazaki (Lupin III: O Primeiro), o filme foi lançado no Japão em 3 de novembro, 69 anos depois do Godzilla original.

Este é o primeiro filme live-action da Toho sobre o monstro desde Godzilla Resurgence, de 2016.

Godzilla: Minus One está em cartaz nos cinemas brasileiros.


Fonte

Deixe seu comentário