Dol Guldur: A Fortaleza Esquecida e Sua Influência Oculta na Terra-média

Dol Guldur, uma fortaleza envolta em mistérios e sombras, desempenha um papel crucial na vasta mitologia de J.R.R. Tolkien. Localizada na floresta outrora conhecida como Mirkwood, esta fortaleza tornou-se um símbolo da corrupção de Sauron, o Senhor das Trevas. Este artigo visa mergulhar nas profundezas da história de Dol Guldur, explorando suas origens, transformações sob o domínio de Sauron, e sua relevância central tanto em ‘O Hobbit’ quanto em ‘O Senhor dos Anéis’.

A Origem de Dol Guldur

Originalmente chamada Amon Lanc, Dol Guldur começou como um refúgio élfico de luz e beleza no coração de Greenwood, a Grande. Este bastião era um lugar de paz, habitado pelos Elfos Silvan, liderados por Thranduil. Representava a harmonia e tranquilidade da vida élfica, um contraste marcante com o que se tornaria após a corrupção de Sauron.

A Ascensão do Necromante

A transformação de Dol Guldur começou com a chegada do Necromante, uma entidade misteriosa e temida que mais tarde foi revelada como Sauron em um disfarce. Fugindo dos Valar e escondendo-se de seus inimigos, Sauron escolheu Dol Guldur como seu refúgio. A partir desse ponto, a fortaleza e a floresta circundante, agora conhecida como a Floresta das Trevas, tornaram-se locais de medo e perigo, infestados por criaturas malignas.

Dol Guldur em ‘O Hobbit’

Em ‘O Hobbit’, a presença de Sauron em Dol Guldur serve como um pano de fundo sinistro para a narrativa. Sua influência é sentida mais como uma ameaça oculta do que uma presença direta. É a investigação de Gandalf sobre Dol Guldur que revela a verdadeira natureza do Necromante, um evento que desencadeia a jornada que culmina nos eventos de ‘O Senhor dos Anéis’.

A Influência na Terra-média e a Guerra do Anel

Dol Guldur assume um papel estratégico significativo durante ‘O Senhor dos Anéis’. A fortaleza serve como um ponto avançado para os exércitos de Sauron, tornando-se um local de batalhas cruciais. A eventual queda de Dol Guldur, liderada por Galadriel e a Sociedade Branca, marca um ponto de virada na Guerra do Anel e simboliza o declínio do poder de Sauron.

O Legado de Dol Guldur

Dol Guldur vai além de seu papel como um cenário nas obras de Tolkien. Ela simboliza a luta eterna entre a luz e a escuridão, a necessidade de vigilância constante contra o mal. A história da fortaleza oferece insights profundos sobre temas de corrupção, poder e redenção.

A Transformação da Floresta das Trevas

Sob a influência de Sauron, a Floresta das Trevas, que circunda Dol Guldur, torna-se um lugar de medo e desconfiança. A transformação da floresta é um reflexo da própria mudança de Dol Guldur, de uma fortaleza élfica para um bastião da escuridão.

A Influência em ‘O Hobbit’ e ‘O Senhor dos Anéis’

A presença de Dol Guldur em ‘O Hobbit’ estabelece o cenário para os eventos de ‘O Senhor dos Anéis’. A fortaleza serve como um lembrete constante da presença ameaçadora de Sauron, mesmo quando ele não está fisicamente presente.

Conclusão

Dol Guldur, de um refúgio élfico a um reduto de escuridão, personifica a luta perene entre o bem e o mal na Terra-média. Sua presença em ‘O Hobbit’ e ‘O Senhor dos Anéis’ serve como um espelho para as forças profundas em jogo na mitologia de Tolkien, tornando-a um dos elementos mais fascinantes e multifacetados de sua obra.

 

Referências

  1. Tolkien, J.R.R. “O Hobbit”. Este clássico introduz pela primeira vez Dol Guldur como um lugar sinistro na Terra-média. Disponível em link para o livro “O Hobbit”.
  2. Tolkien, J.R.R. “O Senhor dos Anéis”. A trilogia oferece um aprofundamento na história de Dol Guldur e sua importância na Guerra do Anel. Disponível em link para “O Senhor dos Anéis”.
  3. Tolkien, J.R.R. “O Silmarillion”. Este livro detalha o histórico da Terra-média e inclui informações sobre a ascensão de Sauron, que tem implicações para a história de Dol Guldur. Disponível em link para “O Silmarillion”.
  4. Carpenter, Humphrey. “J.R.R. Tolkien: Uma Biografia”. Uma fonte valiosa para entender as inspirações e o contexto por trás da criação de Dol Guldur e outros elementos da Terra-média. Disponível em link para a biografia de Tolkien.
  5. Hammond, Wayne G.; Scull, Christina. “The Lord of the Rings: A Reader’s Companion”. Uma referência essencial para detalhes e análises aprofundadas sobre ‘O Senhor dos Anéis’, incluindo notas sobre Dol Guldur. Disponível em link para o guia de leitura.

Deixe seu comentário