Chefe da Naughty Dog ‘desmente’ Sony em situação polêmica

Muito se especula sobre os próximos projetos da Naughty Dog — e na semana passada tivemos uma breve ideia do que vem por aí. Na ocasião, o co-presidente da empresa, Neil Druckmann, revelou em entrevista à Sony que o novo jogo do estúdio pode “redefinir as percepções convencionais de videogames”. Mas, aparentemente, não é bem por aí.

Em publicação no X (antigo Twitter), Druckmann afirmou que diversas das citações atribuídas a ele na entrevista foram fortemente editadas pela própria Sony. “Ao editar minhas respostas desconexas em minha recente entrevista à Sony, algumas das minhas palavras, contexto e intenção, infelizmente foram perdidas”, justificou o executivo, que compartilhou a versão original da sua fala na rede social.

Entrevista da Sony onde Druckmann teria supostamente afirmado que o novo jogo da Naughty Dog poderia "redefinir as percepções convencionais de videogames".

Na versão divulgada pela Sony anteriormente, o diretor de TLoU teria dito que teve “a sorte de trabalhar em vários projetos dos sonhos e atualmente estou entusiasmado com um novo, que talvez seja o mais emocionante até agora. Estou ansioso para ver como este novo jogo repercutirá, especialmente após o sucesso de The Last of Us, pois ele poderá redefinir as percepções convencionais dos jogos”.

Druckmann não disse que novo jogo da Naughty Dog redefinirá as percepções convencionais de videogames
Porém, a fala original divulgada por Druckmann na rede social é bem diferente da publicada pela Sony. “Tive a chance de fazer alguns dos meus projetos dos sonhos e estou muito empolgado com um novo atualmente, que talvez seja o mais empolgante até agora. Não posso falar muito sobre isso ou nossos chefes ficarão bravos comigo”.

“No geral, tem algo acontecendo atualmente que eu acho bem legal. Existe uma nova apreciação por jogos que eu nunca vi antes. Quando eu estava crescendo, jogos eram coisas para crianças. Agora, claramente é para todo mundo. Mas, se você é gamer, você sabe do potencial que os jogos têm. Se você não é, então não sabe o que está perdendo […]”, concluiu o trecho original.


Fonte

Deixe seu comentário