Call of Duty Warzone pode ser renomeado e atualizado junto com a sequência

Call of Duty: Warzone pode receber uma mudança de nome e atualizações adicionais mesmo após o lançamento de sua sequência, Call of Duty: Warzone 2.

Call of Duty Warzone pode ser renomeado e atualizado junto com a sequência. Call of Duty: Warzone pode potencialmente ser o destinatário de uma mudança de nome à medida que a editora Activision avança para o lançamento de Warzone 2 do desenvolvedor Infinity Ward. O battle royale foi lançado inicialmente em 10 de março de 2020, como um título gratuito para jogar, e desde então recebeu suporte na forma de atualizações, patches e temporadas. Warzone também recebeu conteúdo de outros de Call of Duty, incluindo Modern Warfare, Black Ops: Cold Ware Vanguard.

Call of Duty: Warzone foi lançado como a primeira incursão da série no gênero battle royale e, desde então, teve uma recepção crítica positiva e uma base de jogadores de mais de 100 milhões. O modelo e o gênero free-to-play do Warzone o diferenciam de outras parcelas da série, e o jogo manteve sua popularidade desde o lançamento, com seu modelo de atualização recentemente culminando na última temporada do jogo, The Last Stand. No entanto, o anúncio de Call of Duty: Warzone 2 fez com que alguns fãs questionassem o que poderia estar reservado para o futuro do Warzone original.

Recentemente, surgiram rumores de que, longe de ser abandonado com o lançamento do Warzone 2, o Warzone original poderia receber uma mudança de nome, além de suporte contínuo na forma de atualizações e DLC. Conforme relatado pela GameSpot, Call of Duty: Warzone pode ter seu nome alterado para Warzone: Caldera, e continuar recebendo suporte mesmo após o lançamento do Warzone 2. A notícia vem do repórter Tom Henderson no Twitter, que diz que ” Warzone será renomeado para ‘Warzone: Caldera’ em 28 de novembro”.

A notícia ainda não foi confirmada por nenhuma fonte oficial, mas com o evento Call of Duty Next chegando em 15 de setembro, os fãs podem não ter muito tempo para esperar. A notícia certamente pode servir de explicação para o progresso do Warzone não ser transferido para o Warzone 2, conforme anunciado recentemente pela Activision. Com o Warzone 2 supostamente fazendo uso de um novo mecanismo, os dois jogos seriam capazes de ser suportados simultaneamente sem pisar nos dedos um do outro.

Warzone continuar a receber novos conteúdos seria, sem dúvida, um alívio para jogadores de longa data que não querem deixar seu progresso para trás para jogar Warzone 2, mas resta ver o que qualquer novo conteúdo em potencial pode acarretar. Com The Last Stand sendo anunciado como a temporada final do jogo, o futuro potencial de Warzone como Warzone: Caldera permanece em questão, especialmente com Warzone 2 sendo lançado em muitas das mesmas plataformas de última geração e geração atual do original. Seja qual for o caso, os fãs de Call of Duty: Warzone podem ter alguma esperança para o futuro do jogo.

 

Fonte: SCREEN RANT

Deixe seu comentário