‘Buzz Lightyear’ Banido na Arábia Saudita Por Beijo Gay

    0
    'Buzz Lightyear' Banido na Arábia Saudita Por Beijo Gay
    'Buzz Lightyear' Banido na Arábia Saudita Por Beijo Gay
    - Advertisement -

    A animação da Pixar do filme “Lightyear” foi banida na Arábia Saudita por conter uma cena de beijo entre personagens do mesmo sexo.

    Esta informação foi divulgada pelo The Hollywood Reporter que afirma, ainda, que o filme foi banido em outros países do Oriente Médio, como é o caso dos Emirados Árabes Unidos, onde o Escritório de Regulação de Mídia afirmando que não daria licença para “Lightyear” estrear no país por sua “violação dos padrões de conteúdo de mídia do país”.

    A cena em questão, mostra Alisha Hawthorne, uma Patrulheira Espacial que é aliada e amiga de Buzz Lightyear, em um momento com sua parceira, enquanto as duas formam uma família.

    Não é a primeira vez que esta cena gerou controvérsias dentro da Disney e Pixar. No começo de 2022, vazou a informação de que a Disney havia solicitado o corte da cena na versão que seria lançada nos cinemas. Com isso, a companhia enfrentou protestos vindos de fãs e de dentro da própria Pixar (que pertence à Disney), e a cena foi adicionada de volta ao filme.

     

    Existe algum limite para a Woke Disney e suas subsidiárias?
    Enquanto não houver uma versão gay de todo o conteúdo da Disney já criado acredito que eles não devem parar. A próxima animação deve ser sobre o Mickey Mouse Gay em um beijo com o Pateta Trans que acabou de redescobrir sua sexualidade, enquanto a Minnie vive um romance trisal com a Margarida e o Pato Donald.

    Ser capaz de devolver o beijo [ao filme] foi importante para nós – é um momento comovente,” comentou a produtora de “Lightyear” em entrevista ao /Film. “Ajuda o Buzz a ver o que ele está perdendo. É a vida que está sendo vivida na frente dele por sua melhor amiga, o que ele não está tendo”.

    De acordo com a Variety, “Lightyear” nunca foi submetido para análise dos censores da Arábia Saudita, por a Disney entender que o filme não seria aprovado para lançamento no país. No entanto, o filme havia sido aprovado inicialmente para exibição por lá, com as restrições da censura imposta no país sendo reduzidas. Mas a licença para exibição acabou revogada, após pedidos em mídias sociais, que acusavam “Lightyear” de insultar os muçulmanos e o islamismo.

    “Lightyear” conta a história do Patrulheiro Espacial Buzz Lightyear, dando foco ao personagem que deu origem ao brinquedo que protagoniza os filmes da franquia “Toy Story” ao lado de Woody.

    A Disney recentemente enfrentou outro caso de proibição por inclusão de temas LGBT+. “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” foi banido da Arábia Saudita, Egito e Kuwait por causa de uma cena em que America Chavez fala sobre o destino de suas “duas mães”. Autoridades chegaram a solicitar a edição da cena, mas Disney e Marvel Studios se negaram a obedecer ao pedido.

    0 0 votos
    Gostou do Post?
    - Advertisement -
    Subscribe
    Notify of
    guest

    0 Comentários
    Comentários em linha
    Exibir todos os comentários