Benedict Cumberbatch tem papel secreto em ‘Eric’ nova série da Netflix

Benedict Cumberbatch, conhecido pelos seus papeis em Doutor Estranho, Sherlock, dentre muitas outras produções, estrela Eric, a nova série da Netflix. Vamos ver se ela é baseada em história real.

Ambientada na cidade de Nova York dos anos 1980, a obra segue a busca desesperada de um pai por seu filho desaparecido, e ele logo se convence de que o filho voltará para casa se ele trouxer um de seus desenhos à vida.

A série lida com temas pesados, como a falta de moradia, a homofobia, o racismo, a epidemia de AIDS e mais. Então, Eric é baseado na vida real? Continue lendo para saber.

Cena de Eric

A voz de Eric

Cumberbatch é o ator que dá voz ao boneco titular em Eric, da Netflix, e essa revelação torna o trabalho do ator na série muito mais impressionante.

Como Cumberbatch já dá vida a todas as nuances de Vincent em seus seis episódios, é uma prova de seu talento o fato de ele também capturar a personalidade do boneco.

Como Eric é um produto da mente de Vincent, faz sentido que o ator também o retrate. E considerando que Vincent acaba vestindo o traje da marionete para fazer um discurso durante o final de Eric, isso mantém todas as iterações do personagem uniformes.
Um tom mais alto poderia fazer com que o fantoche parecesse ridículo ou excessivamente cômico. O produto final evita qualquer um desses resultados, mas ainda acrescenta algo leve ao arco de personagem de Vincent, bem como ao seu relacionamento com Edgar.

Ainda assim, dada a profundidade da voz de Eric em comparação com a de Vincent, os espectadores podem não reconhecer imediatamente que a mesma pessoa dá vida a eles. A série mostra Edgar e Vincent criando a voz da criatura grande e peluda, mas a Netflix poderia facilmente ter trazido um dublador para lidar com a versão mental dele. Em vez disso, Eric dá a Cumberbatch ainda mais oportunidades de brilhar. E o ator também ajudou a criar a voz do fantoche na vida real.

Durante uma entrevista com a Digital Spy, Cumberbatch discutiu como ele decidiu a voz que usaria para Eric. Como o fantoche está “totalmente ligado a Vincent”, o ator sentiu que a voz “tinha que pertencer ao meu corpo”. Inicialmente, ele queria usar um tom de voz que fosse “mais surpreendente” do que seu tom de voz habitual. O ator achava que um tom mais grave poderia limitar sua expressão. No entanto, a equipe criativa de Eric discordou e, por isso, o boneco acabou com uma voz mais grave na série da Netflix.

No final das contas, parece que Cumberbatch encontrou o equilíbrio certo. A voz combina com o fantoche e não distrai dos temas mais sérios da narrativa de Eric.

Eric está disponível na Netflix.


Fonte

Deixe seu comentário